mm1 mm2 mm3mm4 mm5 mm6 mm7


27
jun 2016

ARQUIVADO EM: Blog & Pessoal Vídeos

agoraeparaficarEu sempre digo que vou voltar a gravar, que estou com várias ideias, mas no final das contas eu não apareço. Ou então eu gravo um vídeo e depois nunca mais. É, eu tenho dificuldade para me programar, eu acumulo funções e quero abraçar o mundo todinho. Quero cuidar do blog, gravar vídeos, editar, trabalhar na secretária da Wizard, dar aulas de inglês, cuidar da casa, do marido e da célula (pequeno grupo de reuniões semanais da minha igreja). Como é de se imaginar, eu não consigo, claro. Eu choro, me frustro e acho que sou incapaz de finalizar meus projetos. Não é um sentimento bom.

Pois bem, esse ano eu prometi para mim mesma que iria mudar meu comportamento, que em algum momento eu teria que ter tempo para fazer o que eu amo. E que se eu realmente voltasse a gravar, seria para fazer direito. Então aqui estou eu, dando um novo começo ao canal e ao blog.

A primeira decisão foi mudar, sim, mudar. Eu precisava me libertar da categoria exclusiva: literário. Eu AMO literatura, amo falar sobre o assunto e pesquisar sobre ele, com certeza! A diferença é que isso não vai me definir, de agora em diante eu falarei sobre o que eu tiver vontade, tudo aquilo que eu gostaria de também assistir. Vão ter novos vídeos sobre cinema, decoração, comportamento, tags, favoritos e os vídeos literários que vocês já estão acostumados. \o/

Espero muito que vocês se animem e participem do canal, com sugestões e críticas. E para minha alegria, agora os vídeos serão editados pelo estúdio Vox & Serafin, um estúdio que eu recomendo de olhos fechados, pois conheço de perto o casal que o comanda, e os amo demais. Praticamente um trabalho em família rs. A partir do dia 03/07 os novos vídeos estarão no ar. Teremos vídeos novos toda quarta e domingo! Não é maravilhoso ter um dia certinho para conferir os vídeos? Aproveita para se inscrever, e não perder nenhum vídeo. 😉

Eu voltei, e agora é para ficar. :)

Ps: Não sei de quem é essa imagem linda do inicio do post, se alguém souber o crédito, por favor me avise.


Postado por




15
jun 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

Um-Novo-Amanhã-Livros-e-blablablaA Pousada #1
Autor:
Nora Roberts
Título original:
 The Next Always

Editora: Arqueiro
Número de páginas:
320
Avaliação: 
4,5/5
Onde comprar: 

Sinopse: A tradicional pousada da cidade de Boonsboro já viveu tempos de guerra e paz, teve diversos donos e até sofreu com rumores de assombrações. Agora ela está sendo totalmente reformada, sob direção dos Montgomerys, que correm para realizar a grande reinauguração dentro do prazo.
Beckett, o arquiteto da família, é um charmoso conquistador que passa a maior parte do tempo falando sobre obras, comendo pizza e bebendo cerveja com seus irmãos Ryder e Owen. Atarefado com a pousada, ultimamente nem tem desfrutado de uma vida social decente, mas pretende mudar logo isso para atrair a mulher por quem é apaixonado desde a adolescência.
Depois de perder o marido na guerra e retornar para Boonsboro, Clare Brewster leva uma vida tranquila cuidando de sua livraria e dos três filhos. Velha amiga de Beckett, ela volta a se reaproximar dele ao ajudar nos preparativos da pousada.
Em meio a essa apaixonante reconstrução, rodeados de amigos, Beckett e Clare passam a se conhecer melhor e começam a vislumbrar um futuro novo e promissor juntos.
Neste primeiro livro da trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta o romântico Beckett Montgomery, que, ao buscar realizar o sonho de sua família, acaba deparando com um amor que pensava estar esquecido.

Um Novo Amanhã é o primeiro livro da trilogia A Pousada, e já ganhou com meu coração. Nora Roberts se tornou a minha autora favorita do momento e quero ler o máximo possível dos seus livros (visto que a mulher é uma máquina e já escreveu milhares). 

Neste volume conhecemos a família Montgomery, composta pelos irmãos Beckett, Owen e Ryder e a mãe dos rapazes. O sonho da família é restaurar a antiga pousada Inn Boonsboro, localizada na pequena cidade de Maryland. A pousada era famosa pelo rumor de ser mal assombrada e por nunca ter dado certo nas mãos dos outros proprietários, mas aos cuidados dos Montgomery parece que finalmente vai ser reinaugurada. 

Clare Brewster teve sua vida totalmente modificada após a morte de seu marido. Mãe de três filhos pequenos, Clare decide voltar para a cidade onde nasceu, a fim de ficar próxima aos seus pais e contar com a ajuda deles. Ela compra um pequena livraria, localizada em frente ao Inn Boonsboro, e se sente feliz em poder acompanhar o desenvolvimento da reforma do lugar.  

Beckett Montgomery é o arquiteto da família, trabalha com o maior amor e afinco e faz questão de que tudo saia da melhor maneira possível. Ele sempre foi apaixonado por Clare Brewster, mas nunca revelou seu amor e viu a oportunidade acabar quando ela se casou e foi embora da cidade. Agora, após uma tragédia, Clare está de volta. Beckett sabe que os sentimentos que tinha por ela nunca morreram, e decide então fazer parte de sua vida, nem que seja para ajudá-la nas dificuldades. 

Clare é uma mulher de fibra, ela faz de tudo para manter seus filhos seguros e felizes, ainda que a falta de seu marido seja enorme. Ela não acredita que precise de um novo amor, seu foco é a família e o trabalho. Amiga da família Montgomery desde a infância, Clare se sente muito feliz em poder ajudar na decoração e passar mais tempo com eles, principalmente com Beckett.

“Já queria ficar com você mesmo quando não tinha esse direito.”

A pousada é um lugar mágico e através dela muitas coisas acontecem. A história da família Montgomery se entrelaça com a de Clare e de suas melhores amigas, Avery e Hope, que serão as próximas protagonistas, bem como os irmãos de Beckett. A autora incluiu um toque sobrenatural, e eu simplesmente amei! Para mim foi um acréscimo perfeito para o clima da obra.

Beckett e Clare são ótimos juntos, e o desenvolvimento do romance aqueceu meu coração. Beckett é aquele personagem encantador que sempre tira um sorriso do nosso rosto. Seu amor por Clare é puro, e amadureceu muito com o tempo, ele quer cuidar dela e em nenhum momento pensa em ocupar o lugar do pai das crianças. 

“Ele ficou por quase uma hora. Claria teria o beijado de novo só pelo fato de que ele ter divertido tanto seus filhos. Ele nunca pareceu entediado ou irritado com uma conversa cheia de super heróis, seus poderes, seus parceiros e seus inimigos.”

Os personagens secundários são um show a parte! A mãe dos irmãos Montgomery é sábia e carinhosa, e sempre consegue o que quer dos filhos, tornando a pousada um lugar de muito luxo. Os filhos de Clare são apaixonantes, o relacionamento deles com Beckett vai desenvolvendo aos poucos, e eles são bastante protetores em relação à ela. As amigas Avery e Hope também me conquistaram, feliz demais em saber que os próximos livros serão com elas como protagonistas. Temos também um personagem odioso, Sam, mas nem vou comentar sobre ele, leiam para conhecê-lo melhor (e odiá-lo profundamente).

Nora Roberts fala lindamente sobre amor e amizade, sobre o quanto pessoas que se amam podem fazer de tudo para ver o motivo de seu afeto bem. Sempre me encanto com a maneira como a autora conduz esses relacionamentos. Apesar da história ser linda, e ter conquistado meu coração, o que mais me surpreendeu foi descobrir que a pousada Inn Boonsboro é real, e a dona dela é a própria Nora Roberts! Isso mesmo, a pousada existe e tem as mesmas características do livro, como os quartos com nomes de casais literários famosos como “Elizabeth & Darcy”, “Jane & Rochester”, “Titânia & Oberon” e até mesmo “Eve & Roarke”, personagens da série Mortal, de Nora Roberts. Inclusive, o marido de Nora é dono da livraria que fica em frente a pousada (a livraria de Clare). Imagina que sonho conhecer esse lugar? Já quero!

“Eu amo você, Clare. Sempre amei, mas é diferente amar quem você é agora. É tão mais sólido.”

Recomendo com toda a certeza, e espero que vocês amem assim como eu, e que se tornem fã dessa autora tão maravilhosa. 😉


Postado por




11
jun 2016

um-so

O Dia dos Namorados para mim é uma data linda, apesar de todo o marketing e vontade desenfreada das empresas em efetuar suas vendas, eu ainda enxergo a beleza disso tudo. Isso porque a data para mim representa amor, o você se preocupar com o seu par e pensar em surpreendê-lo com algo que ele goste, principalmente se for algo feito por você mesmo. Para mim não tem coisa melhor do que ler uma cartinha escrita com muito carinho, ou presentinho feito em casa. :)

Hoje vou indicar 3 livros e 3 filmes onde o amor é o tema principal, existem MUITOS outros que eu amo e recomendaria, mas esses são os escolhidos da vez. E se você não tem namorado, não tem o menor problema, dá para usar as indicações e curtir o dia sozinho também. :)

Vou começar com os livros, e olha, foi bem difícil selecionar só três! Daria para ser um TOP 20 tranquilamente, risos. 

amor-livroseblablabla

1. Procura-se um marido, de Carina Rissi – Difícil escolher só um livro da Carina! Perdida, Encontrada, Destinado, No Mundo da Luna e Mentira Perfeita também são maravilhosos e românticos, mas hoje escolho Procura-se um Marido. Nesse livro a protagonista – Alicia – precisa encontrar um marido as pressas, a fim de receber a herança deixada pelo seu avô, o problema é que apesar de não estar disposta a se relacionar de verdade com ninguém, Alicia descobre que nem sempre conseguimos controlar nosso coração. A construção do romance é maravilhosa, bem natural e verdadeira.

2. P. S. Eu Te Amo, de Cecelia Ahern – Está ai um livro/filme que me arranca lágrimas profundas. Quando Gerry morre, Holly fica devastada e completamente sem rumo. Até o dia em que ela descobre que Gerry deixou um pacote com uma lista, dividida em pequenos envelopes que devem ser abertos no mês correspondente e seguidos à risca.  Holly então passa a seguir tudo àquilo que o homem que ela mais amou na vida preparou para ela, na tentativa de encontrar um novo sentido para a sua vida. Preparem os lencinhos!

3. Aprendendo a Seduzir , de Patricia Cabot – Esse eu releio sempre que posso, que livro mais delicia! Divertido, romântico e sensual. Nele conhecemos Lady Caroline Linford, uma tipica mocinha de 1800, recata e cheia de pudores que está de casamento marcado com o Marquês de Winchilsea. Acontece que o Marquês a está traindo, e para Lady Caroline terminar um noivado seria um grande escândalo. Resta então a moça procurar aulas de sedução, a fim de reconquistar o noivo. Leiam a resenha aqui, vale muito a pena!

Agora vamos aos filmes, escolhi três filmes que foram muito marcantes para mim e que merecem ser assistidos. Não importa se acompanho ou não. 

1. Questão de tempo – Fui ao cinema conferir esse filme, sem pretensão nenhuma, apenas porque a linda Rachel McAdams estava no elenco. Me apaixonei completamente pela história, e recomendo sempre! Se você não viu, vale muito a pena (preciso contar que até meu marido ficou emocionado :D).

2. 10 coisas que eu odeio em você – Esse é o queridinho de muita gente. O filme é de 1999, mas sei que mexe com o coraçãozinho de todos. Eu sempre revejo e fico impressionada como um  filme com a premissa tão simples, pode passar uma mensagem tão fofa. “I love you baby, and if it’s quite all right. I need you baby, to warm the lonely night. I love you, baby trust in me when I say”…

3. O diário de uma paixão – Esse filme é aquele que eu quase me afogo em lágrimas, eu SEMPRE choro quando o revejo. Me coloco no lugar do protagonista e fico sem saber como lidar com a situação. Um dos meus preferidos do gênero, sem dúvida!

E ai, qual o preferido de vocês? Quais filmes e livros vocês me recomendam? 


Postado por




4
jun 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

MentiraPerfeita-CarinaRissiProcura-se um Marido #2 (spin-off)
Autor:
Carina Rissi
Editora: Verus
Número de páginas:
462
Avaliação: 
5/5 :)
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Com Mentira Perfeita, Carina Rissi prova mais uma vez que o seu forte é contar boas histórias, com ritmo acelerado e repletas de paixão, humor e reviravoltas. Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente… Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

Eu tenho um caso de amor com os livros da Carina, desde o lançamento da primeira versão de perdida, em 2011, Carina Rissi se tornou a minha autora favorita. Suas histórias são leves, divertidas e românticas. Mesmo quando insere uma carga dramática, ela o faz com leveza e sensibilidade.

Procura-se um Marido foi o segundo livro da Carina, lançado em 2012. Os personagens imediatamente ganharam o meu coração, e eu queria mais um pouco. E foi o que aconteceu, Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se um Marido. É uma história que começa depois de Procura-se um Marido, mas com os personagens principais diferentes. E claro, com a participação mais do que especial de Max e Alicia. 

O livro conta a história de Julia e Marcus. Julia é uma moça dedicada, dá o melhor de si em seu trabalho e vive com sua tia, Berecine. Tia Berê sempre foi uma mulher forte, mas certo dia seu coração dá sinais de cansaço, e ela acaba no hospital, precisando de um transplante. Na tentativa de tranquilizar sua tia, que sempre trabalhou costurando vestidos de noiva e sonha com o casamento de sua sobrinha, Julia diz que tem um namorado e que assim que tia Berê sair do hospital, ela irá conhecê-lo. Acontece que a mulher recebe alta, e se sentindo bem melhor mal pode esperar para conhecer o escolhido de Julia – que na verdade nem existe. 

Marcus é o irmão mais novo de Max (protagonista de Procura-se um Marido), após um acidente de moto, ele se tornou paraplégico, mas tem certeza de que um dia irá voltar a andar. Mulherengo e charmoso, Marcus é cobiçado por muitas mulheres, estar em uma cadeira de rodas não atrapalha suas conquistas. Ele trabalha na empresa de sua cunhada Alicia, e é lá que ele conhece Julia. Marcus quer morar sozinho, mas um incidente fez com que seus pais pensassem que ele tentou o suicídio, ainda que isso não seja verdade. Para conseguir essa façanha, Marcus compromete-se a ter um cuidador, o que vai deixar sua família mais tranquila. 

Os dois então entram em um acordo, Marcus finge ser o namorado de Julia e a garota finge ser a sua cuidadora. Tudo vai dar certo, já que não existe nenhum sentimento entre eles. Bom, isso é o que eles imaginam. Essa “mentira perfeita” vai ter consequências inesperadas, que podem mudar completamente o rumo de suas vidas. 

“Uma mentirinha de nada não podia ter consequências tão graves assim.”

Marcus é um personagem mais do que cativante. Foi fácil me apaixonar por ele, assim como aconteceu com Julia. Cada pequeno detalhe de sua personalidade é digno de suspiros e sorrisos bobos, ainda que tenha diversos defeitos, Marcus pode ser considerado “perfeito”. A força e a vontade de vencer de Marcus são admiráveis.

“Às vezes você se sente tão sozinho que parece estar á deriva no meio do oceano. Nada á frente, nada atrás, nada em lugar nenhum exceto as ondas que quebram sobre você, ameaçando engoli-lo. Mas algumas vezes – raras vezes – um ponto negro surge no horizonte e vai crescendo até se tornar a silhueta de um barco, até uma mão se esticar em sua direção e você sair do inferno. Júlia era o meu barco, a mão estendida, o ponto negro do meu nada.”

Carina Rissi tem o dom de criar casais inesquecíveis e reais. Sua narrativa mágica e envolvente nos leva para dentro de suas histórias, onde torcemos até o o último segundo para um final feliz e memorável. Com Mentira Perfeita não diferente. Neste livro além da comédia e do romance, temos um pouco de suspense e drama, tudo na medida certa.

Com muita sensibilidade, Carina fala sobre as dificuldades dos cadeirantes, compreendemos algumas de suas limitações e abrimos nossos olhos para tudo isso. No entanto, o foco do livro não é esse, Marcus é sim um cadeirante, mas isso em nada define o tom da trama, ou se torna relevante na construção do romance. 

“– Você vai continuar sendo você, Marcus – ele falou, sem hesitação. – Não importa qual seja o resultado. Quando você se der conta disso, tudo vai ficar mais fácil.”

Foi extremamente prazeroso rever Max e Alicia, dois personagens que continuam sendo incríveis. Tia Berê merece um destaque especial, que mulher sábia e divertida! 

Mentira Perfeita é um romance divertido, apaixonante e reflexivo. Carina Rissi mais uma vez mostra que veio para ficar (não que eu tivesse dúvidas disso), mal posso esperar pelos próximos livros! Recomendo MUITO. :)


Postado por




2
jun 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

Outro Conto Sombrio Dos GrimmAutor: Adam Gidwitz
Título original:
In a Glass Grimmly
Editora: Galera
Número de páginas:
352
Avaliação: 
4/5

Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Depois de revisitar a história de João e Maria, mostrando o conto original dos irmãos Grimm, o autor mais uma vez usa a escrita original dos autores para mostrar a verdadeira aventura de João e o Pé de Feijão. Juntem-se a este conto de fadas pra lá de diferente e acompanhem João e Jill pelas histórias dos Irmãos Grimm, de Hans Christian Andersen e de outras figurinhas do universo do faz de conta. E se preparem para descobrir paisagens incríveis, que podem ou não! ser assustadoras, sangrentas, aterrorizantes e cheias de surpresas.

Outro Conto Sombrio Dos Grimm é o segundo volume da série Um Conto Sombrio dos Grimm, mas que pode ser lido independentemente do primeiro, já que não se trata de uma continuação.

Eu amo conto de fadas, mas bem sei que as histórias originais não são assim tão fofas e felizes. Quem já leu os Irmãos Grimm ou Hans Christian Andersen, sabe que os finais felizes são bem raros. Adam Gidwitz se utiliza dessa fórmula, baseado nos famosos contos originais, Gidwitz cria sua própria versão com uma dose de horror e suspense.

“Na verdade, se vocês são o tipo de pessoa que não gosta de ler sobre sofrimento, derramamento de sangue e lágrimas, porque não fingem que o dia acabou ali e fecham o livro agora mesmo? Por outro lado, se vocês são o tipo de pessoa que gosta de sofrimento, derramamento de sangue e lágrimas… posso perguntar educadamente? O que há de errado com vocês?”

O livro contem vários contos, e as histórias vão se interligando, é como se os personagens passassem de um conto para o outro. Os principais são João (o do pé de feijão), Jill (a prima de João que já vestiu vestes que nem todos conseguiam enxergar) e o Sapo falante (que não virou príncipe). Juntos, os três precisam partir em busca do Espelho Encantado, para salvar suas vidas e resolver todos os problemas que os cercam. 

“Eu diria que todos os espelhos são mágicos, ou podem ser.

Eles lhes mostram vocês mesmos, afinal de contas.

Realmente enxergar vocês mesmos, no entanto – essa é a parte difícil.

Para mim, o ponto alto foi a narrativa, Gidwitz me conquistou logo nas primeiras páginas. Temos um narrador, bastante irônico, que relata todas as situações, e em determinados momentos “para” para nós explicar um trecho ou contar como aquela história era no original. Senti mesmo como se alguém estivesse contando os contos para mim. 

João, Jill e o Sapo são personagens sensacionais, cada qual com seus momentos de coragem ou de fraqueza, mas com o sentimento de amizade bem forte. Além de entreter, a trama passa uma linda mensagem de reconhecimento e busca individual. Onde precisamos nos aceitar como nós somos, sem pensar apenas no que os outros vão pensar.

“Seu lar é onde você pode ser você mesmo.”

Outro Conto Sombrio Dos Grimm foi uma leitura maravilhosa, apesar de ter mais de 300 páginas, li em poucas horas e ao final já queria um próximo volume rs. Recomendo com toda a certeza, para todas as idades! 😀


Postado por




1
jun 2016

Oi gente!

Desde sempre eu tenho vontade de ter um pequeno home office, um cantinho bem aconchegante onde eu possa sentar para escrever meus post e gravar vídeos (sim, ainda existe um projeto de voltar a gravar vídeos para o canal). O problema é que tudo era sempre muito caro, e fora da minha realidade. No entanto, eu resolvi pesquisar bastante e encontrar algo simples, que se adequasse ao que posso gastar, e que ficasse bonito. Se não posso mudar o quarto todo, posso começar por uma parede e depois ir mudando o restante, não é mesmo?

Então, o post de hoje é o primeiro sobre essa mudança, onde vou mostrar minhas inspirações e desejos, e conforme eles forem tomando forma, eu mostro aqui e em vídeo no canal, o que acham?

A primeira coisa que eu escolhi foi o papel de parede, existe uma INFINIDADE de papeis maravilhosos, para todos os gostos e estilos, mas eu queria um bem neutro e clarinho para poder colocar quadrinhos coloridos. O meu preferido foi o “Tijolinho Branco”, que encontrei por um preço bem legal na AdsiveShop (inclusive encontrei muitas coisas nesse mesmo site, e achei o preço bem bacana). Confere aqui.

papel-de-parede

Quadrinhos são sempre bem-vindos, você muda os quadrinhos e acaba mudando a decoração. Escolhi quatro na AdsiveShop, que na imagem já estão em cima do papel de parede que eu escolhi, então dá para ter uma boa noção de como vai ficar. :)

quadrinhos

Você pode conferi-los em detalhes nos links: Love What You Do | Feliz com você | Sorrisos | Wi-fi conversa

Eu queria tudo branquinho, mas não vai rolar comprar estantes novas. Já tenho quatro que são muito boas e bonitas, apesar de serem escuras, então vou comprar uma mesinha branca, para dar uma leveza ao cômodo. Quero uma bem simples e pequena e as que mais gostei são da loja Mobly (nunca comprei lá, alguém já comprou?).

mesas-1

Os links: Mesa 1 | Mesa 2

As cadeiras são um caso a parte, eu gostaria de não ter que vender o meu rim para comprar uma, mas está difícil. Escolhi duas para ilustrar o post que são bem bonitas, mas estão fora do meu orçamento. Se vocês souberem de alguma loja, com cadeiras bonitas e baratas, me avisem aqui nos comentários, por favor. 😉

cadeiras

Os links: Cadeira secretária Acqua Branca | Cadeira Presidente

Essas são as inspirações iniciais, com o passar dos dias eu vou mostrando a evolução do home office para vocês. Se vocês tiverem dicas, serão sempre bem-vindas. Aos poucos, os pequenos sonhos vão se realizando. <3


Postado por




23
maio 2016

ARQUIVADO EM: Cinema & TV

emma-watson-bela-e-a-fera E finalmente temos o primeiro teaser trailer do live action mais esperado por mim: A Bela e a Fera. 😀

O teaser contém algumas cenas do castelo, a Bela dando uma de xereta e as vozes de alguns dos objetos animados do castelo. No entanto, não vazou nenhuma imagem da caracterização deles, o que é uma pena!

Impossível não se emocionar com essa trilha e com os comentários de Horloge e Lumiere né? A Bela e a Fera sempre foi o meu desenho preferido, nem sei dizer quantas vezes já o assisti! E sempre é uma sensação única. Quando eu soube que a Bela dessa nova versão, seria interpretada pela maravilhosa Emma Watson, a animação ficou ainda maior!

abelaeafera-elenco

Fera, Bela e Gastão

O elenco conta com Emma Watson (Bela),  Luke Evans (Gastão), Dan Stevens (Fera), Emma Thompson (Madame Samovar), Kevin Kline (Maurice), Ian McKellen (Horloge), Gugu Mbatha-Raw (Fifi), Ewan McGregor (Lumiere), Stanley Tucci (que viverá um piano falante) e Josh Gad (Le Fou).

O novo A Bela e a Fera chega aos cinemas em março de 2017. O duro é aguentar a ansiedade até lá!


Postado por




20
maio 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

a-rainha-vermelhaA Rainha Vermelha #1
Autor:
Victoria Aveyard
Título original:
Red Queen
Editora: Seguinte
Número de páginas:
424
Avaliação: 
5/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

A Rainha Vermelha foi um livro que me agradou MUITO, ainda que seja praticamente uma colcha de retalhos repleta de referências. O que torna essa leitura tão boa (pelo menos para mim), é que mesmo com referências e clichês, Victoria Aveyard conseguiu criar uma trama envolvente, e de certa forma surpreendente.

No universo onde a trama se desenrola, as pessoas são dividas entre os que possuem sangue vermelho, e os que possuem sangue prateado. Os vermelhos são os trabalhadores braçais, que vivem na extrema misérias e dedicam suas vidas a elite prateada, que incluem o rei e sua família. Os prateados são dotados de poderes sobrenaturais, superforça e domínio de elementos são alguns dos exemplos de prateados. Devido a essas características, eles são temidos pelo povo vermelho.

“A verdade não importa. Só importa aquilo em que as pessoas acreditam.”

A protagonista, Mare, sabe que seu destino é servir ao exército – assim como seus dois irmãos mais velhos -, já que não possui nenhuma habilidade e não é aprendiz em nenhuma profissão. Ela sabe que quando precisar partir, sua família ficará em uma situação ainda mais miserável, já que nem mesmo o dinheiro dos roubos que costuma cometer irá ajudá-los. Quando a oportunidade de trabalhar no palácio real aparece, Mare aceita. No entanto, durante uma importante cerimônia real, Mare descobre que ainda que seu sangue seja vermelho, ela possui um estranho poder. A fim de evitar questionamentos, e entender a razão de Mare ter um poder, a família real convence a todos de que Mare é uma prateada, e a fazem se tornar noiva do príncipe mais novo, Maven.

Mare conhece na pela o sofrimento dos vermelhos, e ser chamada de prateada não a deixa nem um pouco feliz, mas talvez essa seja uma chance de mudar a vida de sua família e trazer justiça ao seu povo. Assim, Mare se torna Marena, e começa a fazer parte de um intrincado jogo de poder e mentiras.

“Viraram-me do avesso, trocaram Mare por Marena, a ladra pela coroa, trapos pela seda, vermelho por prateado. Esta manhã eu era uma criada; à noite, sou princesa.”

O cenário governamental da trama é bem desenvolvido e convincente, nos vemos rodeados por intrigas, mentiras, artimanhas e manipulações em busca de poder. Os vermelhos estão cansados de serem subjugados, e estão prontos para uma rebelião, o que torna a guerra iminente. Maren, Maven e o príncipe mais velho – Cal, se envolvem em um complicado triângulo amoroso, que fica bem no centro de todos os conflitos. Detesto triângulos amorosos, mas esse não foi o destaque da história, ele coube bem no enredo e fez sentido ao final.

“Todo mundo pode trair todo mundo.”

A narrativa de Victoria Aveyard é totalmente fluída e envolvente, o clima de tensão permeia toda a leitura e eu mal pude desgrudar do livro. Uma mistura de fantasia, romance, guerras e muita aventura faz de A Rainha Vermelha um livro que merece ser lido o quanto antes. Sim, você vai se lembrar de outras histórias durante a leitura, mas em nenhum momento isso foi um ponto negativo para mim, Aveyard deu um fôlego novo ao que já era conhecido e transformou A Rainha Vermelha em um livro memorável, para mim.

Mare é uma boa personagem, e ainda que tenham alguns pequenos erros de julgamento, sua coragem e determinação são admiráveis. Os demais personagens foram lindamente caracterizados, sentimos simpatia, raiva e desprezo em diversos momentos. O que eu creio ser exatamente o intuito da autora.

“Você é a mudança controlada, do tipo em que as pessoas podem confiar. Você é a chama lenta que pode dissipar uma revolução com um punhado de discursos e sorrisos.”

Se você não aprecia romance, não precisa se preocupar, pois esse não é o foco da leitura. O final não me surpreendeu totalmente, mas foi bastante impactante. Quero muito começar a leitura do segundo livro! Os direitos de filmagem já foram vendidos para a Universal, e preciso dizer que minhas expectativas em relação ao filme são bem altas, espero que eles caprichem. Leitura mais do que recomendada! 

“Erga-se, vermelha como a aurora.”

Clique no leia mais e participe do sorteio 😀 😀


Postado por




16
maio 2016

ARQUIVADO EM: Blog & Pessoal

freelance

Vocês já devem ter percebido que os post aqui no blog não tem a frequência de antes, não é mesmo? Eu sempre gostei de postar de segunda à sexta, para que vocês sempre tivessem conteúdo novo por aqui, mas esse ano não consegui me organizar. 

Sendo assim, mais uma vez vou abrir espaço para colunistas. As resenhas de livro continuam por minha conta, mas tenho espaço para cinema, música, beleza, textos/crônicas e etc.

  • Quantas vagas existem?

Pretendo abrir duas vagas, com posts semanais ou quinzenais, isso será combinado de acordo com a possibilidade do colunista.

  • Como serei avaliado?

O interessado deve mandar um e-mail para contato@livroseblablabla.com, como nome, idade, cidade e tema que gostaria de abordar. Além disso, eu peço que mande um texto de sua autoria, relacionado ao assunto de sua escolha.

  • Quanto vou receber?

Infelizmente o blog é só um hobby, não é minha fonte de renda. Então, quem se interessar em escrever, tem que ser por amor mesmo. Caso um dia essa situação mude, com certeza ficarei feliz em remunerá-los. :)

  • Até quando posso enviar o meu e-mail?

Até o dia 31 de maio. 

Obrigada à todos, espero em breve ter novos colaboradores e conteúdo para vocês!


Postado por




8
maio 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

Onde está vocêEntrelinhas #2
Autor: 
Tammara Webber
Título original:
Where you are
Editora: Verus
Número de páginas:
308
Avaliação: 
4/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Sinopse: Quando conheceu Emma Pierce no set de filmagem de seu último longa-metragem, Graham Douglas ficou imediatamente encantado, mas Emma era o objeto de desejo do superastro Reid Alexander. Graham fez o possível para não se apaixonar por ela, até que um encontro em Nova York dá a ele mais uma chance, e dessa vez ele decide arriscar. Emma sacrificou uma carreira promissora em Hollywood para levar uma vida comum. Ela acreditava já ter superado o que sentia pelos dois caras que disputavam seu coração na filmagem de seu último trabalho, até que o destino coloca Emma em uma cafeteria no meio de Manhattan com aquele de quem ela ainda sente saudade. Brooke Cameron sobreviveu aos três meses no set de filmagem com seu belo e arrogante ex-namorado, o garoto de ouro de Hollywood. Mais velha e sábia, ela agora pôs os olhos em Graham, um grande amigo, e só há uma coisa em seu caminho: Emma, a garota que ele não consegue esquecer. Reid Alexander é capaz de resumir a própria vida em uma única palavra: tédio. Ele não tem muito o que fazer além de entrevistas, sessões de fotos e o lançamento de seu último filme. Em busca de diversão, a última coisa que ele espera é se juntar à sua ressentida ex-namorada para atingir um objetivo comum: separar Graham e Emma. O jogo começou.

Esse é o segundo livro da série Entrelinhas, a leitura pode conter spoilers do livro anterior

Logo que conclui a leitura de Entrelinhas, minha curiosidade falou mais alto e iniciei imediatamente a leitura do segundo volume. <3

Onde está você começa exatamente no mesmo lugar onde termina o anterior. O encontro inesperado de Emma e Graham em NY fez com que os dois finalmente se entendessem e dessem inicio à um relacionamento. O problema é que o filme Orgulho Estudantil está em fase de divulgação pelo mundo, o que quer dizer muitas entrevistas, viagens e a presença constante de Reid Alexander, já que ele e Emma são os protagonistas. Emma ainda se ressente da forma como tudo terminou, e sua opinião sobre Reid definitivamente não é das melhores. 

A distância de Emma e Graham acaba dificultando as coisas, inicio de relacionamentos são sempre delicados, ainda mais quando existem pessoas dispostas a atrapalhar tudo. Brooke revela quem realmente é, a ex de Reid mostra porque tem uma fama negativa. Para ela, ser apenas amiga de Graham já não é suficiente, ela tem certeza de que é o melhor para ele, e mesmo odiando Reid, vai contar com a ajuda dele para tirar Emma da jogada e ter Graham só para ela. Reid, para variar, continua sendo um babaca, e na falta de algo melhor para fazer, decide ajudar Brooke em seu plano maligno. 

Dessa vez a narrativa em primeira pessoa alterna entre Emma, Graham, Reid e Brooke. Finalmente pude conhecer mais sobre Graham, e ter certeza de que ele é mesmo um cara maravilhoso, do tipo que deve ser ótimo se relacionar (como amiga, ou não). Minhas partes preferidas eram sem dúvidas as em que Graham tinha voz. E, apesar de eu ter dito que Reid é um babaca, nesse livro ele mostra um outro lado, e pude perceber o começo de um amadurecimento. 

Brooke é tão irritante e narcisista que eu desejei ardentemente que ela ficasse sozinha, sua maldade é latente e eu queria muito dar uns bons safanões em seu rostinho bonito. Emma conseguiu me cativar verdadeiramente dessa vez, apesar de ainda ter traços de insegurança, a garota decidiu o rumo que quer dar para sua vida e está muito mais corajosa e amadurecida.

O relacionamento entre Emma e Graham foi bem construído, passando bastante verdade e sentimento, fica fácil torcer pelos dois. As armações de Brooke são bem elaboradas, e só mesmo no final para ter certeza do que vai acontecer. Preparem-se para muita mentira, intriga e lágrimas.

O final, diferente do anterior, amarra bem as pontas de dois personagens, e deixa um bom gancho para os próximos volumes – Good For You e Here Without You,  que lerei com certeza! Recomendo fortemente para os fãs de romances jovens, creio que Tammara Webber ainda tem muito para contar nessa série! :)


Postado por







ilustrações design e desenvolvimento