mm1 mm2 mm3mm4 mm5 mm6 mm7


2
maio 2016

ARQUIVADO EM: Sorteios

miragem-em-chamas-sorteio-livroseblablablá

Quem ai quer sorteio? o/

O livro escolhido foi o Miragem em Chamas, do Lee Child. Sou fã do autor e o personagem Jack Reacher é um dos meus favoritos! Se você ainda não conhece o autor, essa é uma boa chance. Para saber mais sobre a história, é só conferir a resenha (em vídeo e por escrito), aqui no blog.

Para participar é bem simples, basta preencher a primeira entrada, que é LIVRE, e você já está participando. Se quiser mais chances, é só preencher as chances extras, que serão liberadas logo após a primeira entrada do formulário.


a Rafflecopter giveaway


Postado por




26
abr 2016

ARQUIVADO EM: Cinema & TV

O-caçador-e-a-rainha-de-gelo

No dia 21 de abril, estreou nos cinemas o filme O Caçador e a Rainha do Gelo, uma ótima aposta para quem adora as adaptações em Live Action de fábulas infantis (como eu :D). O longa é uma espécie de continuação do filme Branca de Neve e o Caçador, de 2012. É uma história que se passa antes e depois dos acontecimentos da primeira parte, por isso não se trata exatamente de uma “continuação”. E também não conta com a presença da Branca de Neve, vivida por Kristen Stewart inicialmente.

A lindíssima Charlize Theron e o igualmente belo Chris Hemsworth (*suspira*) retornam aos seus papéis – Rainha Má e Caçador, respectivamente – e se juntam a Jessica Chastain e Emily Blunt, dentre outros, para contar a história de um mundo tão gelado que vai dar vontade de jogar na raspadinha online só pra viajar e conhecer um lugar mais fresquinho do que este nosso, onde o outono é mais quente que o verão deles.

o-caçador-rainha-do-gelo-rainhas

A irmã da Rainha Má – Freya, a Rainha do Gelo – sofre uma grande traição e abandona seu reino, exilando-se no Palácio do Inverno. Com poderes exuberantes, ela organiza um exército onde a principal regra é manter-se com o coração frio, imune ao amor. Seus principais ajudantes Eric e Sarah, no entanto, acabam se apaixonando e sofrem as consequências da ira real.

o-caçador-e-a-rainha-do-gelo2

Utilizando-se do antigo Espelho Mágico, ela consegue se aliar à irmã Ravenna para que juntas, elas consigam subjugar a Terra Encantada aos seus caprichos e maldades, sendo mais uma vez combatidos por oponentes liderados pelo Caçador.

o-cacador-e-a-rainha-de-gelo

O estilo sombrio e amedrontador ainda é o mesmo, fazendo com que ele não seja indicado à crianças muito pequenas. Desta vez, o filme é dirigido por Cedric Nicolas-Troyan, já que no primeiro filme, o diretor Rupert Sanders envolveu-se com Kristen e o escândalo foi tão grande que levou ao seu desligamento da sequência do projeto, além de seu divórcio e separação do casal Crepúsculo.

O-Caçador-e-a-Rainha-do-Gelo1

Veja o trailer:

Vou assistir nesse final de semana, gostei muito do primeiro filme (me julguem), e tenho certeza que esse vai ser ainda melhor! Quem mais está ansioso? 😉


Postado por




19
abr 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

a_garota_sem_passadoAutor: Michael Kardos
Editora: Arqueiro
Número de páginas:
304
Avaliação: 
4/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Sinopse: Num domingo de setembro de 1991, Ramsey Miller deu uma festa em casa para os vizinhos. Depois, assassinou a esposa e a filha de 3 anos. Todo mundo na pacata cidade de Silver Bay conhece a história.

Só que todos estão errados. A menina escapou. Sob o nome falso de Melanie Denison, ela passou os últimos quinze anos escondida com os tios numa cidadezinha remota. Nunca pôde viajar, ir a uma festa na escola ou ter internet em casa, porque Ramsey jamais foi encontrado e poderia ir atrás dela a qualquer momento.

Mas, apesar das rígidas regras de segurança impostas pelos tios, Melanie se envolve com um jovem professor da escola local e engravida. Ela decide que seu filho não terá a mesma vida clandestina que ela e, para isso, volta a Silver Bay para fazer o que nem os investigadores locais, nem a polícia federal, nem o FBI conseguiram: encontrar seu pai antes que ele a encontre.

Eu amo esse gênero literário, não é novidade nenhuma. A trama desse livro me deixou bastante curiosa, e eu precisava saber o que realmente tinha acontecido com a família de Melanie. Como a sinopse é bem detalhada, vou direto às minhas considerações, ok?

O livro é narrado em terceira pessoa, e alterna entre os pontos de vista de Melanie, Ramsey e Allie (os pais de Melanie). No presente, vemos o que Melanie passa, sua vida restrita e cheia de limitações, e o quanto ela muda logo que descobre sua gravidez. De garota submissa ela se torna uma mulher, decidida a não deixar seu filho(a) passar pelos mesmos problemas. A alternância de pontos de vista (ora no presente, ora no passado), foi o triunfo da narrativa de Michael Kardos, pelo menos para mim. Através desse recurso foi possível acompanhar detalhadamente o que realmente aconteceu naquela fatídica noite, e a cada capitulo, mais a minha ansiedade e curiosidade aumentava. 

“Certas pessoas simplesmente não prestam, e você não pode deixar que elas atrapalhem a sua vida.”

Quando Melanie retorna a sua cidade natal, Silver Bay, ela conta com a ajuda de Arthur Goodale, um jornalista aposentado que possui um blog, onde conta sua frustração em não ter resolvido o caso Miller, que nada mais é que o caso da família de Melanie. Com a supervisão de Arthur, Melanie vai encontrando pistas e montando o quebra-cabeças que é a sua história. 

A narrativa é fluída e bem rápida, são trinta capítulos curtos que passam voando. Os personagem foram bem construídos, e Michael Kardos conseguiu me deixar bastante confusa com cada um, eu não conseguia ter certeza de nada e ao final fui surpreendida. Ramsey Miller é um homem complexo, teve uma infância e uma adolescência conturbada, e só conseguiu melhorar quando conheceu a mãe Melanie. Tudo o que achamos saber, não é nem 1/5 da verdade. 

A Garota sem passado é um thriller surpreendente, repleto de suspense e reviravoltas. O final é brilhante e deixou-me com o queixo caído. Recomendo muito! Só não leva nota máxima porque senti falta de uma determinada conclusão (seu eu disser, vai ser spoiler), mas isso não tira a beleza da trama. :)


Postado por




14
abr 2016

ARQUIVADO EM: Cinema & TV Literatura

Harlan Coben é o meu autor preferido, isso vocês já estão cansados de saber, só falta eu fazer uma tatuagem com o nome dele hahaha. Então, sempre fico em busca de noticias de novos livros e adaptações cinematográficas.

Para minha completa alegria, nessa semana vi que a maravilhosa Julia Roberts vai produzir e estrelar a adaptação de Fool Me Once, livro novo do autor (ainda não publicado no Brasil). No longa, Julia sera a protagonista Maya, uma ex-piloto de operações especiais que vê uma imagem perturbadora captada por sua nanny cam: a filha de 2 anos brincando com seu marido, Joe — brutalmente assassinado duas semanas antes da gravação.

Meu nível de animação é tão alto que nem consigo explicar, mesmo sem ter lido o livro, já sei que vai ser maravilhoso, por motivos de: Harlan Coben

HC

E não é só isso, vai rolar uma versão hollywoodiana do livro Não Conte a Ninguém (Tell No One), também do Harlan Coben. Já existe uma adaptação francesa do filme, Ne le dis à personne, que fez muito sucesso. Agora, o novo filme será dirigido por Ben Affleck. No entanto, o projeto está parado, e não tem previsão de quando será colocado em prática. Espero que o quanto antes!

Sinopse: Há oito anos, enquanto comemoravam o aniversário de seu primeiro beijo, o Dr. David Beck e sua esposa, Elizabeth, sofreram um terrível ataque. Ele foi golpeado e caiu no lago, inconsciente. Ela foi raptada e brutalmente assassinada por um serial killer. O caso volta à tona quando a polícia encontra dois corpos enterrados perto do local do crime, junto com o taco de beisebol usado para nocautear David. Ao mesmo tempo, o médico recebe um misterioso e-mail, que, aparentemente, só pode ter siso enviado por sua esposa. Esses novos fatos fazem ressurgir inúmeras perguntas sem resposta: Como David conseguiu sair do lago? Elizabeth está viva? E, se estiver, de quem era o corpo enterrado oito anos antes? Por que ela demorou tanto para entrar em contato com o marido?

Só digo uma coisa, Liam Nessom seria perfeito como o Dr. David Beck. Seria apenas MARAVILHOSO o meu ator favorito, na adaptação de um livro do meu autor favorito. Esse boato já rolou nos sites especializados em filmes, mas nada foi confirmado.  #sonharnaopaga

Fonte: Livros & Citações |  Omelete 


Postado por




11
abr 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

Quarto-LivroseblablabláAutor: Emma Donoghue
Editora: Verus
Número de páginas:
350
Avaliação: 
5/5

Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Para Jack, um esperto menino de 5 anos, o quarto é o único mundo que conhece. É onde ele nasceu e cresceu, e onde vive com sua mãe, enquanto eles aprendem, leem, comem, dormem e brincam. À noite, sua mãe o fecha em segurança no guarda-roupa, onde ele deve estar dormindo quando o velho Nick vem visitá-la. O quarto é a casa de Jack, mas, para sua mãe, é a prisão onde o velho Nick a mantém há sete anos. Com determinação, criatividade e um imenso amor maternal, a mãe criou ali uma vida para Jack. Mas ela sabe que isso não é suficiente, para nenhum dos dois. Então, ela elabora um ousado plano de fuga, que conta com a bravura de seu filho e com uma boa dose de sorte. O que ela não percebe, porém, é como está despreparada para fazer o plano funcionar.

Eu soube da existência desse livro logo em que ele foi lançado, através de uma resenha linda da Mari e da Alba (Psychobooks). Apesar de ter ficado muito curiosa, acabei deixando de lado e esquecendo da história. Agora, com o lançamento do filme, decidi finalmente iniciar a leitura e conhecer um pouco mais de Jack. 

Jack acaba de completar cinco anos, e está muito feliz com isso. Sua vida é bem tranquila e feliz, ele vive com sua Mãe em um quarto sem janelas, e sabe que fora dali não existe nada, apenas o espaço sideral e o Velho Nick, um homem com quem ele não tem contato, mas que visita sua mãe todos os dias e traz um presente aos domingos. Tudo o que a Mãe diz faz sentido para o garoto, até o momento em que ela revela que na verdade existe sim muitas coisas fora dali, e que eles precisam fugir.

A mãe de Jack foi sequestrada aos dezenove anos, confinada em um quartinho sem janelas e mantida como escrava sexual. Foi ali que ela teve Jack, e apesar do ambiente terrível ela faz de tudo para que seu filho tenha uma vida saudável e sem traumas. Por isso, todas as noites ela coloca o garotinho dentro do armário, para que o asqueroso velho Nick não tenha acesso à ele em suas torturantes visitas. Ela já tentou fugir algumas vezes, mas as consequências foram duras, e ela teme pela vida de seu filho. No entanto, quando a situação se torna ainda pior, a mãe de Jack sabe que precisa desesperadamente fugir dali, antes que seja tarde. Ela vai contar então com o pequeno garoto, que terá que ser extremamente corajoso para fazer o complicado e perigoso plano de sua mãe dar certo. 

Quarto é narrado em primeira pessoa sob a perspectiva de Jack. Sua inocência e pureza, fazem o livro de tema tão duro se tornar uma leitura de certa forma leve. Ele enxerga o mundo de uma maneira totalmente diferente, do jeito que sua mãe o ensinou. Jack não entende o que é a maldade, e não tem ideia do que realmente o Velho Nick faz quando visita sua mãe, ele se comporta muito bem e fica quietinho dentro do armário contando seus dedos e dentes enquanto a cama de sua mãe range. 

A Mãe é uma personagem sensacional (Jack não diz o nome dela, ele apenas a chama de Mãe), ela vive um inferno há sete anos, mas o amor pelo filho faz com que ela consiga cuidar dele e dar todo o amor que ele precisa. Jack é seu porto seguro, é o que mantém sua sanidade e esperança. Ela engole diariamente o ódio e o nojo que sente pelo seu carcereiro, a fim que de Jack não sofra nenhuma consequência. O laço entre Jack e sua mãe é encantador

Emma Donoghue criou uma atmosfera claustrofóbica, a forma como ela consegue nos contar a história, apenas sob o ponto de vista de Jack é brilhante! Eu me emocionei durante toda a leitura e apesar de mergulhar na trama, evitei me imaginar no lugar dos personagens, era doloroso demais. O livro é dividido em cinco partes, e apesar de eu ter lido algumas resenhas dizendo que a leitura pareceu arrastada em alguns pontos, para mim não foi dessa forma. Na verdade achei a leitura fluida e rápida. 

A história é tensa, angustiante e reflexiva. Não consegui evitar julgar a Mãe em um determinado momento, para logo em seguida pensar ” Quem sou eu para dizer qualquer coisa? O que eu sei sobre o que ela passou?”. A autora conseguiu me fazer avaliar minha vida e o valor que dou a cada pequena coisa. Uma leitura memorável, com certeza. recomendo a todos!

O livro foi adaptado para os cinemas, como O Quarto de Jack, e estou extremamente ansiosa para ver se fizeram jus à história de Emma Donoghue. A protagonista, Brie Larson, ganhou o Oscar de melhor atriz, o que eleva ainda mais as minhas expectativas. Confiram o trailer – que tem alguns spoilers para quem não leu o livro

“Com uma grande carga emocional e de suspense, O Quarto de Jack é uma exploração única e inesperada do amor sem barreiras entre uma mãe e seu filho na mais angustiante das circunstâncias.”


Postado por




9
abr 2016

ARQUIVADO EM: Cinema & TV

Impossível não rolar uma lagriminha assistindo esse trailer, e ouvindo essa trilha sonora tão linda! Desde que soube que o “Animais Fantásticos e Onde Habitam” seria adaptado para o cinema, fiquei MUITO empolgada. Passei minha adolescência toda acompanhando a saga Harry Potter, e quanto terminou me senti absolutamente orfã. Agora, ainda que Harry, Rony e Hermione não façam parte desse novo filme (O livro é prequel de Harry Potter, e se passa nos anos 20), saber que se trata do mesmo universo mágico criado por J. K. Rowling, já me anima muito! 

pôster-animais-fantasticos-e-onde-habitam

Baseado no livro homônimo de J.K. Rowling. O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York com sua maleta, um objeto mágico onde ele carrega uma coleção de fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam saindo da sua maleta.

Que venha logo Novembro!! 😀


Postado por




8
abr 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

Nunca Jamais - Livros e blablabláNunca Jamais #1
Autor:
Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Editora: Galera Record
Número de páginas:
192
Avaliação: 
5/5

Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram… Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.

Nunca Jamais foi uma leitura sensacional! A junção de Colleen Hoover e Tarryn Fisher foi brilhante, li o livro todo em uma sentada. Neste volume, vamos conhecer Charlie e Silas, dois jovens que não tem nenhuma recordação de seu passado, e que precisam desesperadamente descobrir quem são, e o porquê de isso ter acontecido.

A primeira situação do livro são livros caindo no chão do corredor do colégio, e essa é a primeira memória de Charlie. Ela não sabe onde está, quem são as pessoas á sua volta ou até mesmo seu nome. Silas também não tem a menor ideia de nada, mas de acordo com os seus amigos, ele e Charlie são namorados desde a infância. Ainda que não tenham lembranças um do outro, ou de qualquer familiar, eles conseguem se lembram de coisas básicas como dirigir um carro ou letras de musica. Os dois percebem que precisam permanecer juntos, para descobrir o que realmente aconteceu. Fingir normalidade se torna extremamente necessário.

“Como posso saber quanto custa um carro como esse? Tenho memória de como as coisas funcionam: um carro, as regras de transito, os presidentes, mas não lembro quem eu sou.”

A medida com que vão vivendo o dia, Charlie e Silas vão descobrindo detalhes de suas vidas. A família de Charlie está destruída, seu pai foi preso, sua mãe é alcoólatra, sua irmã mais nova não conversa com ela e as três moram em um cubículo. Em contrapartida, Silas é muito rico e mora em uma casa luxuosa com seus pais e irmãos. Silas e Charlie vão descobrindo que não são as pessoas que gostariam de ser, e que o relacionamento de quatro anos dois dois, não era assim tão perfeito. Quanto mais descobrem sobre si próprios, menos eles ficam felizes com essas descobertas.

O clima é totalmente eletrizante, eu não conseguia parar de ler e precisava descobrir o que tinha acontecido com os dois, a razão de terem perdido as memórias juntos. Mergulhei profundamente na leitura e pude sentir cada emoção dos protagonistas, seus medos, suas dores e a confusão que os cerca quase o tempo todo. Charlie e Silas são bem diferentes um do outro, Charlie logo julga não ser uma pessoa assim tão boa, mas de acordo com ela, Silas é. Devido à isso, ela quer evitar a todo custo se relacionar com o garoto, seu único intuito é descobrir a verdade, e nada mais.

Silas é um personagem cativante, logo nas primeiras páginas já me apeguei à ele. Sua preocupação com Charlie, sua ânsia em mantê-la a salvo são encantadoras. Ele acredita que mesmo sem lembranças, ainda ama sua namorada de infância, e se esforça para que ela perceba isso.

“Neste momento – exatamente agora – fica tão claro para mim quem a Charlie é. Ela não é boa como Silas. Ela o ama porque ele é diferente dela. Talvez seja esse o motivo pelo qual ela se envolveu com Brian, porque ela nunca conseguiria ser como ele. Como eu não posso.”

Eu sempre tenho teorias mirabolantes para os livros que leio, mas neste não consegui formular nenhuma! O suspense me pegou de jeito e me deixou sem fôlego. Perto das páginas finais, algumas coisas vão sendo reveladas e eu pude sentir meu coração acelerando enlouquecidamente, até que no ápice de uma descoberta, o livro simplesmente acaba! Sim, se trata da primeira parte de três, e as autoras terminam abruptamente, no pior momento possível. Nem consigo explicar o quanto preciso da continuação!

Nunca Jamais é o primeiro de uma trilogia, mas considero como um livro único, que foi dividido em três partes, por estratégia de marketing, eu diria. Todos têm poucas páginas (esse tem 192), e o livro seguinte começa exatamente onde esse termina. A narrativa intercala o ponto de vista de Charlie e Silas, do jeitinho que eu amo! Já conhecia (e amava) o trabalho de Colleen Hoover, e fiquei encantada com o quanto o trabalho dela e de Tarryn Fisher se encaixou lindamente. Recomendo com toda a certeza, e espero não me decepcionar com suas continuações. :)


Postado por




5
abr 2016

ARQUIVADO EM: Literatura Vídeos

A resenha de hoje é em dois formatos, em vídeo e por escrito. Para agradar à todos os gostos. Esse é o quinto livro da série Jack Reacher, de Lee Child, mas a leitura fora de ordem não atrapalha o entendimento, cada livro é um caso diferente e o protagonista raramente faz menções à acontecimentos passados. Eu mesma li fora de ordem vários deles. :)

Autor: Lee Child
Editora: Bertrand Brasil
Número de páginas: 
476
Avaliação: 
4/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Jack Reacher está à deriva em meio ao verão escaldante do Texas e sabe que carona é um meio de transporte dos mais inseguros. Porém quando Carmem, uma jovem linda e rica, de ascendência latina, aparece dirigindo um Cadillac, ele embarca de imediato. Ela tem uma filha que, sem que saibam, está sendo mantida sob constante vigilância. O marido, não por acaso, está atrás das grades. Quem irá protegê-las quando ele for solto? Nosso herói não resiste a uma bela dama em apuros; além do mais, perigos não são novidade para ele. E no rancho remoto dos sogros de Carmem, no Condado de Echo, há desafios em abundância: mentiras, preconceito, ódio e assassinato. A família é hostil, a polícia da cidade, não muito confiável, e os advogados, ah!, uns incompetentes. Se Reacher não puder acertar as coisas, quem poderá? Crepitante como o sol de El Paso, Miragem em Chamas é um suspense regado à pimenta jalapeño estrelado por um dos heróis mais engenhosos e memoráveis do gênero.

Jack Reacher é um personagem sensacional. Um ex-militar extremamente competente e estrategista, que vive por ai, sem casa, carro ou qualquer coisa que o fixe em algum lugar. Em cada livro de Lee Child, temos um caso diferente, uma situação que Reacher tem que resolver. Em Miragem em Chamas, Jack tem que lidar com a corrupção e com um calor desumano. 

Esse é o livro da série com a trama mais complexa até agora, as cenas de ação estão em menor escala. Jack usa muito mais o cérebro e a experiência dessa vez, o ritmo em alguns momentos se torna um pouco lento. A investigação me deixou confusa, em não consegui descobrir nada antes que fosse revelado, dessa vez fui surpreendida totalmente. Carmen é uma personagem que levanta muitas suspeitas, hora eu confiava nela, hora eu tinha certeza que ela era uma mentirosa. 

Lee Child descreve os cenários com maestria, eu quase podia sentir o calor daqui. A temperatura era sempre acima de 40 graus, e as pessoas estavam sempre transpirando muito e reclamando do calor absurdo. Os personagens secundários também são ótimos, alguns a gente quer matar lentamente e outros se tornam mais do que essenciais. 

Por ser um livro mais lento, e arrastado em algumas partes, não recomendo a ninguém que comece a leitura da série por ele, pois é provável que acabe não gostando tanto assim e desistindo da série. Mas, se você já leu algum deles antes, pode ir sem medo, vale muito a pena.

Jack Reacher integra minha lista de personagens favoritos (perto ali do meu maravilhoso Myron Bolitar), e Lee Child já tem um lugar especial no meu coração. Mal posso esperar pelo próximo livro da série!

Coleção Jacy Reacher, por Lee Child

  1. Dinheiro Sujo (Killing Floor)
  2. Destino: Inferno ( Die Trying)
  3. Alerta final (Tripwire)
  4. Caçada às cegas (Running Blind)
  5. Miragem em Chamas (Echo Burning)
  6. Without Fail
  7. Persuader
  8. The Enemy
  9. O último tiro (One Shot) – Foi lançado aqui primeiro e fora da ordem
  10. The hard Way
  11. Bad Luck and Trouble
  12. Nothing to Lose
  13. Gone Tomorrow


Postado por




23
mar 2016

ARQUIVADO EM: Divulgação Literatura

bombomdeler

No final do ano passado, a Amazon e a Nestlé anunciaram o projeto Bombom de Ler, uma promoção que incentiva a leitura. Na compra de uma caixa de bombom (Garoto ou Nestlé) participante, você encontrará um código, e através dele pode fazer o download de um dentre dez best-sellers em eBooks disponíveis no site da promoção. Você pode ler no seu eReader Kindle, no celular, tablet ou computador (diretamente no site ler.amazon.com.br). O download das obras poderá ser feito até 30 de abril de 2016. :)

Os livros participantes são:

“Guerra dos Tronos”, volume 1, de George R. R. Martin;

“1808”, de Laurentino Gomes;

“Scrum – a arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo”, de Jeff Sutherland;

“25 anos do Menino Maluquinho”, de Ziraldo;

“As melhores receitas do Que Marravilha!”, de Claude Troigros;

“Memórias da Emília”, de Monteiro Lobato;

“Guia Politicamente Incorreto História do Futebol”, de Jones Rossi e Leornardo Mendes Jr.;

“Com Carinho, Lucy B. Parker: menina x superstar”, de Robin Palmer;

“Não Pare! Você entregaria sua vida nas mãos da morte?”, de FML Pepper;

“Casei e agora? As aventuras do meu descasamento”, de Tatiana Amaral.

livrosdapromocaobombomdeler

Além de baixar um desses livros, o cliente pode testar o o serviço Kindle Unlimited gratuitamente por 30 dias! Para quem tem dúvidas, já expliquei como funciona esse serviço aqui (é ótimo, eu uso e recomendo). Para testar gratuitamente o Kindle Unlimited, acesse esse link.

O intuito dessa parceria é incentivar a leitura, e nada melhor do que combinar livros com chocolate! A Páscoa está logo ai, então corram e aproveitem. Mas fiquem atentos, somente as caixas com o logo da Amazon são participantes, ok? Confira antes de comprar a sua. ;D


Postado por




18
mar 2016

ARQUIVADO EM: Cinema & TV Netflix

PREPARA A PIPOCA E O CORAÇÃO PORQUE É HOJE! \o/

Ano passado a Netflix lançou a série Demolidor. Assim que os episódios foram ao ar, eu simplesmente parei tudo o que estava fazendo e fui conferir. Foram 13 episódios, repletos de ação, adrenalina e dilemas existenciais. A Marvel realmente caprichou na produção, e a parceria com o serviço de streaming foi mais do que certeira!

daredevil2

Para quem não conhece a história dos quadrinhos, vou resumir rapidinho: Matthew Murdock era só um garotinho quando ficou cego, tentando salvar uma pessoa em um acidente com produtos tóxicos. Os produtos caem nos olhos de Matt, tornando a cegueira irreversível. Após isso, Matt desenvolve uma habilidade, ele pode “enxergar” de uma maneira diferente, seus sentidos se tornam superaguçados. Quando seu pai, um boxeador que ganhava a vida sendo pago para perder, decide ganhar uma luta em homenagem ao filho, ele é morto brutalmente. Matt cresce sozinho e decidido a tornar sua cidade um lugar melhor e, para isso, ele abre um escritório de advocacia juntamente com Foggy Nelson, um bom amigo da faculdade. Durante o dia Matt faz justiça, dentro da lei e, a noite, ele faz justiça com as próprias mãos. Matt é um vigilante, decidido a combater o crime em Hell’s Kitchen (um bairro de NY, onde o protagonista vive).

demolidor8

Pois bem, em apenas dois dias eu assisti à todos os episódios e fiquei órfã da série, que superou minhas expectativas, foi muito além do que eu imaginava! O elenco é sensacional, as atuações cheias de sentimento e intensidade, e as cenas de luta o mais real possível (tanto é que a censura é para 18 anos). 

demolidor4

Mas, para a minha IMENSA alegria, hoje começa a segunda temporada dessa série que já se tornou uma das minhas favoritas, com certeza. A adição de dois novos personagens promete tumultuar ainda mais a rotina já bagunçada de Matt Murdock.

Frank Castle (Justiceiro), perdeu sua família e está sedento por vingança. Sua sede pela justiça (a que ele considera correta) não tem limites, e ele vai derrubando todos que entram em seu caminho, inclusive o Demolidor. Temos também a misteriosa e sedutora Elektra, que vai atrapalhar o possível relacionamento de Matt com Karen, entre outras coisas. 

Dá uma olhada no trailer final de divulgação, e me fala se não é de arrepiar?

Para quem ainda não assistiu a 1ª temporada, faça isso o quanto antes! Se existe alguma dúvida se vale a pena ou não, fiz um post bem caprichado lá no Borboletas na Carteira, com 5 motivos para assistir a série. Até quem não gosta do gênero, provavelmente vai curtir.

CHARLIE COX as MATT MURDOCK in the Netflix Original Series “Marvel’s Daredevil” Photo: Barry Wetcher © 2014 Netflix, Inc. All rights reserved.

Agora vou lá, preparar meu psicológico e meu estoque de guloseimas para começar a minha maratona o quanto antes! Quem ai vai fazer o mesmo? :)


Postado por







ilustrações design e desenvolvimento