mm1 mm2 mm3mm4 mm5 mm6 mm7


28
jun 2017

ARQUIVADO EM: Cinema & TV Literatura

O livro Depois Daquela Montanha, de Charles Martin (publicado pela Editora Arqueiro) já havia atraído a minha atenção. Duas pessoas desconhecidas, após um acidente, acabam sozinhas isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Já dá para imaginar que será uma história emocionante né?

Mas, confesso que o que me fez realmente querer começar a leitura foi o trailer do filme. Sim, Depois Daquela Montanha foi adaptado para os cinemas, com lançamento no segundo semestre de 2017. Os personagens principais são interpretados pela maravilhosa Kate Winslet e pelo incrível Idris Alba.

Então, eu e a Ju Oliveira (Cantinho Ju Oliveira) decidimos fazer a leitura desse livro juntas, começando no dia 1º de julho. E claro, vocês estão mais do que convidados!

O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo. Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. 

Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada. Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

 

Estou bastante animada com a leitura, só vi comentários positivos. E quero muito ver se o filme será ao menos parecido. Já me disseram que o final é surpreendente, quero conferir. Quem se anima a fazer a leitura com a gente?



27
jun 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

Autora: Nicola Yoon

Título Original: Everything, Everything

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 280

Avaliação: 4/5

Onde Comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Sinopse: Tudo envolve riscos. Não fazer nada também é arriscado. A decisão é sua. A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla. Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly. Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.

O livro conta a história de Maddie, uma jovem que possui uma doença rara, um tipo de “alergia do mundo” que deixa seu organismo fragilizado e por essa razão, ela nunca saiu de casa. A moça, que já estava de certa forma conformada com as limitações de sua vida nesses 18 anos de reclusão, se vê confusa com a chegada de Olly, o novo vizinho, e a faz se questionar se a vida que ela conheceu até aquele momento, é suficiente.

“E então eu o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Sua pele é branca, mas levemente bronzeada, e suas feições são angulosas. Ele pula da traseira do caminhão e atravessa a rua. Dá a impressão de que a gravidade o afeta de um jeito diferente. Ele para, inclina a cabeça e olha para a casa nova como se estivesse diante de um quebra-cabeça.” (Página 26)

Em princípio, Maddie, que vive reclusa em sua casa na companhia apenas de sua mãe que também é sua médica, e da generosa enfermeira Carla, que a conhece desde criança. Fica curiosa a respeito daquele jovem tão livre que acaba de chegar. O mesmo acontece com ele, que se vê encantado pela misteriosa vizinha que o observa pela janela todos os dias.

“Pela primeira vez em muito tempo, desejo mais do que aquilo que tenho.” (Página 75)

O romance de Olly e Maddie se desenvolve de forma lenta e gradativa, bem agradável para quem lê, pois assim podemos acompanhar todo o desenrolar desse amor impossível.

“E é esse desejo que me puxa de volta à Terra com toda a força. O desejo me dá medo. É como uma erva daninha que se espalha devagar e mal percebemos. Quando nos damos conta, ela já cobriu as paredes e tapou as janelas. (Página 76)

A história é cativante e encantadora, e mesmo abordando um tema tão pesado quanto uma doença respiratória rara, não cansa nem entristece quem lê. Pelo contrário, a autora conduz com muita delicadeza as nuances dessa trama, fazendo com que o leitor descubra as limitações de Maddie e se deixe guiar por suas descobertas.

“- É sempre assim? – pergunto, ainda sem fôlego.

– Não – responde ele. – Nunca é assim.

Percebo o encantamento em sua voz.

E assim, do nada, tudo muda. (Página 118)

Olly é um fofo e foi de suma importância nessa transição, afinal, foi por causa dele e de seu amor, que Maddie começou a questionar sua vida, a perceber que não conhecia nada de fato e que os desafios de viver envolvem muito mais do que ela poderia imaginar.

“Antes de conhecê-lo, eu era feliz. Mas agora estou viva, e as duas coisas são bem diferentes.” (Página 160)

Porém, nem tudo foi perfeito nesse livro, um determinado fato no final me incomodou profundamente. Fato esse, que não mencionarei aqui para não correr o risco de dar spoiler. Mas, achei completamente fora de contexto e desnecessário, esperava uma solução melhor, tendo em vista a história tão linda e bem amarrada que Nicola Yoon escreveu. Enfim…

Com uma narrativa leve e fluida, Tudo e todas as coisas é um livro lindinho e cheio de clichês, mas super válido para aqueles que estão a procura de mais amor e doçura em suas vidas.

“A matemática de Olly diz que é impossível prever o futuro. Acontece que também é impossível prever o passado. O tempo flui nas duas direções – para frente e para trás -, e o que acontece aqui e agora altera tanto um quanto outro.” (Página 227)



23
jun 2017

ARQUIVADO EM: Lançamentos Novidades

Estamos na metade de junho e com muitos lançamentos para falar.

Entrando em site de editoras e de lojas, vi que só esse mês temos 69 lançamentos. Então, vamos lá?!

PLATAFORMA 21

Você já leu e gostou de “Gartotas de Vidro” ou “Os 13 Porquês”? Então esse livro também vai te interessar. Tem aquele toque de mistério, suspense e drama. Lynn Weingarten fala sobre um suicídio, ou possível assassinato, no livro Notas Suicidas de Belas Garotas.

June sempre foi solitária. Até conhecer Delia Cole no sexto ano do colégio. Elas se tornaram inseparáveis, compartilhando a perda da inocência e o florescer da malícia na adolescência.
Para June, não havia ninguém como sua melhor amiga. Delia era a garota mais bela do mundo quando sorria, e incendiava aqueles que a rodeavam. Embora, às vezes, se tornasse fria e sombria. As duas acreditavam que nada poderia separá-las… até aquela estranha noite que as afastou por um ano – e depois para sempre.
Quando o vice-diretor da escola North Orchard anuncia que Delia está morta, uma onda de angústia toma conta de June. Dois dias antes, a amiga havia ligado para ela, mas June ignorou as chamadas.
Todos dizem que Delia ateara fogo no próprio corpo. Sua melhor amiga havia se matado. June não consegue aceitar. Delia não seria capaz disso. Ou seria? Então, quando bilhetes póstumos da amiga começam a chegar, June se convence de que ela fora assassinada. Alguém estava mentindo nessa história, e a lista de suspeitos é perturbadora.

O que June fará quando toda a verdade vier à tona?

Páginas: 328

 

DARK SIDE

Para continuar com a linha de suspense e mistério nada mais justo do que apresentar um dos lançamentos dessa editora. Para quem conhece sabe o capricho e dedicação para todos os livros feitos, são um preço mais alto, mas vale super a pena. O livro Noturno, Scott Singler, tem uma pegada policial e promete agradar todos que gostam desse gênero.

Você já teve um sonho que jurou ser real? Ou até mesmo aquela sensação de déjà-vu ao passar por um lugar em que com certeza nunca esteve? Agora imagine se esse local for uma cena de crime e você, um detetive de homicídios? Para piorar: e se, nos sonhos, você fosse o próprio assassino para, num piscar de olhos, acordar e estar no mundo real com uma pessoa morta aos seus pés?

É exatamente essa a situação em que Bryan Clauser, um policial de San Francisco, se encontra. Como aconteceria a qualquer um de nós, ele pensa que está perdendo a cabeça — mas os pesadelos, infelizmente, são muito reais. Junto com o parceiro Pookie Chang e a ex-namorada Robin, Bryan começa a investigar os crimes que, de alguma forma, ele vê em primeiríssima mão, no momento em que estão sendo cometidos. A questão que não quer calar é: quem está cometendo esses assassinatos?
Quando as investigações levam Bryan e Pookie a um adolescente chamado Rex Deprovdechuck e ao fato de que todas as vítimas mortas faziam bullying com ele no colégio, os dois acham que o mistério está praticamente no fim — e que Bryan será inocentado. No entanto, quanto mais o detetive explora esse mistério, mais ele descobre sobre uma conspiração e um estranho culto que opera em San Francisco praticamente desde a sua fundação. Existe uma cidade viva e faminta nas sombras — e ela pode colocar todo o mundo em risco.

Páginas: 512 

 

VERUS

Ta saindo mais uma colação de livros de romance? Tá sim! A coleção se chama “Noivas da Semana” e o primeiro livro é o Casada até Quarta, Catherine Bybee.. Quem ai esta ansioso para conferir esse novo romance?

Blake Harrison: rico, nobre, charmoso… e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.
Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes… até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele.
Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo… menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.

Páginas: 196

HARPERCOLLINS BRASIL

Que livro de cachorro não amolece o coaração das pessoas? Quer uma leitura leve, divertida e emocionante? Então conheça a historia de Gonker no livro Procura-se Meu Melhor Amigo, Pauls Toutonghi.

Outubro de 1998. Virgínia, nos Estados Unidos. Fielding Marshall estava fazendo uma trilha nas montanhas apalaches da Virgínia quando seu cão, um golden retriever de seis anos chamado Gonker, desapareceu. O pior de tudo: Gonker sofria da doença de Addison e, por isso, precisava receber injeções de tempo em tempo.
O relógio estava correndo: Fielding sabia que, se não o encontrasse, seu cachorro morreria. Durante semanas, a família Marshall fez seu melhor para manter a esperança viva enquanto buscavam por Gonker – mãe, pai e filho faziam de tudo para buscar seu bicho de estimação. Gonker estava doente, Gonker estava perdido, Gonker tinha que ser encontrado. A história de Gonker é bem familiar.
É uma história sobre dever e morte, sobre a maneira como nosso passado molda o presente, e também sobre a maneira como, em momentos de crise, abraçamos fervorosamente nossos papeis mais importantes. Trata-se de uma história sobre responsabilidade, doença, abuso, gerações de uma mesma família e o poder do amor.

Páginas: 272

 

SEXTANTE

Provavelmente você já leu ou assistiu o “A Cabana”. O escritor, William P. Young, publicou um livro sobre As Mentiras Que Nos Contam Sobre Deus, se você, ou alguém proximo, gostou do outro livro do autor, vale dar uma chance o novo.

William P. Young já vendeu 4,5 milhões de livros no Brasil. Depois do sucesso de A cabana, A travessia e Eva, que já venderam mais de 22 milhões de exemplares, William P. Young apresenta um livro que nos estimula a repensar algumas das suposições da fé cristã que raramente questionamos. Seguindo a mesma visão revolucionária de Deus e da Criação que emocionou leitores do mundo inteiro, desta vez Young esclarece as lições mais profundas de suas narrativas ficcionais.
Pontuado por histórias da vida do autor e escrito numa linguagem simples, direta e cativante, o livro nos faz refletir sobre as crenças equivocadas que atrapalham nosso relacionamento com Deus, nos afastando da mensagem de amor difundida nos evangelhos.
Colocando a figura de Jesus e seus ensinamentos em primeiro plano, o autor discute questões essenciais para a compreensão da mensagem de fé e libertação dos evangelhos: Afinal, o inferno existe? Os pecados são capazes de nos afastar de Deus? Será que devemos nos comportar de determinada maneira para sermos dignos do amor de Deus?

Páginas: 160

 

ROCCO

Todo mundo conhece a fabulosa Jane Austen e os diversos livros abordando essa temática. Se você gosta da autora e de outros livros que aparecem esse cenário, vai gostar do Jane Austen Roubou meu Namorado, Cora Harrison.

Baseado nos diários da escritora Jane Austen na adolescência, este divertido romance juvenil é uma história de aventura, mistério, fofocas e, claro, flertes e paixões.
Uma das autoras mais queridas em todo o mundo, cujo bicentenário de morte ocorre este ano, Jane Austen (1775-1817) segue arrebanhando uma legião de fãs em pleno século XXI com romances nos quais retrata a sociedade inglesa de sua época com precisão e ironia.
Em Jane Austen roubou meu namorado, a escritora irlandesa Cora Harrison recria, para os jovens de hoje, a atmosfera dos livros da própria Jane Austen mesclando ficção e dados reais, a partir dos diários da autora de Orgulho e preconceito.

O livro retrata as peripécias amorosas da futura escritora, que já se considerava uma especialista em assuntos do coração, e de sua prima Jenny.

Páginas: 288

 

LER EDITORIAL

Um livro leve com quatro contos sobre o amor, todos ambientados em Londres. O livro Love Is In the Air, Catarina Muniz; Eva Zooks; Paola Scott; Tamires Barcellos, é uma mistura de amor com erotismo, e ótimo para quem gosta de historias curtas e envolventes.
PS. QUE CAPA LINDA!

 

Ah, o Amor! As dificuldades, os calafrios, os encontros inesperados, os pensamentos loucos…
Nos quatro contos de Love is in the air você vai conhecer lindas histórias, românticas e quentes, sobre esse sentimento cheio de altos e baixos.
Eva Zooks, Tamires Barcellos, Catarina Muniz e Paola Scott apresentam contos ambientados em Londres — a terra da Rainha, do chá e de cenários incríveis — para você se apaixonar como nunca antes.

Páginas: 264

 

 

INTRINSECA

Continuando na vibe amorzinho, a autora Ashley Poston, se aventura em escrever a historia da Cinderela nos dias atuais no livro Geekrela. Eu adoro esse tipo de livro, e se você gosta deve dar uma chance para esse e para alguns livros da Paula Pimenta. Tão amorzinho <3

Quando Elle Wittimer, nerd de carteirinha, descobre que sua série favorita vai ganhar uma refilmagem hollywoodiana, ela fica dividida. Antes de seu pai morrer, ele transmitiu à filha sua paixão pelo clássico de ficção científica, e agora ela não quer que suas lembranças sejam arruinadas por astros pop e fãs que nunca tinham ouvido falar da série.
Mas a produção do filme anunciou um concurso de cosplay numa famosa convenção valendo um convite para um baile com o ator principal, e Elle não consegue resistir. Na Abóbora Mágica, o food truck vegano onde trabalha, ela encontra a ajuda de uma amiga cheia de talentos para moda que vai criar o traje perfeito para a ocasião. Afinal, o concurso é a chance de Elle se livrar das tarefas domésticas impostas pela terrível madrasta e das irmãs postiças malvadas.

Já Darien Freeman, o astro adolescente escalado para ser o protagonista do filme, não está nada ansioso para o evento, embora o papel seja seu grande sonho. Visto como só mais um rostinho bonito, o próprio Darien também está começando a achar que se tornou uma farsa. Até que, no baile, ele conhece uma menina que vai provar o contrário.

Esta releitura de Cinderela transporta para o universo nerd os principais elementos do clássico conto de fadas, fazendo uma verdadeira homenagem a todos aqueles que sabem o que é ser fã e se dedicar de coração àquilo que amam.

Páginas: 384

Fica difícil escolher alguns livros entre 69, mas fiz o possível para variar nos temas e trazer livros bons. Se você já leu ou tem interesse em algum, deixe nos comentários.

Até a próxima!



16
maio 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

Autor: John Boyne

Título Original: This House is Haunted

Editora: Companhia das Letras

Número de Páginas: 296

Avaliação: 5/5

Onde Comprar:  Amazon | Americanas | Submarino

 

Sinopse: Até a morte do pai, a jovem Eliza levava uma vida privilegiada – se não em termos materiais, ao menos em carinho e proteção.

Determinada a deixar as lembranças tristes para trás e reconstruir sua história em outro lugar, ela vê a oportunidade perfeita em um anúncio de governanta, que busca alguém para cuidar das crianças de um casarão no leste da Inglaterra.

Mas ela nunca poderia suspeitar o que a aguardava nesse novo trabalho. Há uma presença maligna à espreita na casa, e Eliza se vê em uma guerra de nervos contra esse adversário desconhecido, invisível (e talvez imaginário), que a acompanha em todos os momentos com a aparente intenção de matá-la.

Conheço a escrita de John Boyne desde O Menino do Pijama Listrado, e estava acostumada com seu estilo, sempre abordando guerras e tragédias em seus livros de maneira menos chocante que o necessário.

No entanto, fui tomada por um sentimento de absoluta surpresa quando me deparei com a história de Eliza. Uma moça que se vê sozinha após o falecimento de seu pai e encontra no emprego como governanta, a oportunidade perfeita para refazer sua vida.

“Eu nunca tinha irmãos para tomar conta e ninguém que tomar conta de mim; nenhum primo cuja vida poderia me interessar e ninguém que se interessaria pela minha. Estava totalmente sozinha” (Página 38)

Em A Casa Assombrada, somos apresentados a um estilo novo do autor, algo nunca antes visto. As graciosas referências feitas à Charles Dickens, dão um toque todo especial a trama.

“Nunca ouviu falar de Um Conto de Natal?, perguntei, estupefata, pois o romance tinha sido um grande sucesso.

De Charles Dickens.

Não, senhorita. Não estou familiarizado com esse cavalheiro.” (Página 89)

 

O modo como ele conduziu essa história, as surpresas, reviravoltas e descrições de extrema precisão, fazem com que o leitor se sinta inserido naquela casa, participando ativamente de tudo o que acontece lá. É assustador!

“Gritei, erguendo as mãos para o céu, desesperada. Porque tinha sido incumbida de fazer aquilo? O que tinha para merecer aquele destino?” (Página 274)

John Boyne nos tira o fôlego nesse novo gênero e é incontestavelmente perfeito. Nesse livro sem igual, o autor nos remete a Inglaterra e seus casarões exuberantes, nos fazendo mergulhar de cabeça em uma história assombrosa e surpreendente.

Nessa homenagem às clássicas histórias de fantasmas do século XIX, o autor nos conduz para algo extraordinariamente original e envolvente, sendo impossível largar até a reviravolta final. Indico John Boyne de olhos fechados, ele é sensacional!



9
maio 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

O-Par-PerfeitoA Pousada #3
Autor:
Nora Roberts
Título original:
 The Perfect Hope
Editora: Arqueiro
Número de páginas:
 309
Avaliação: 
5/5
Onde comprar: Amazon |
Americanas | Submarino

Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro. Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois. Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito? No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

Tenho um carinho imenso por essa trilogia, encantei-me logo no primeiro livro, e todos os outros mantiveram o padrão, inclusive, esse último é o meu preferido. Neste volume temos como protagonistas Ryder Montgomery e Hope Beaumont. 🙂

Hope é a gerente da Pousada, uma mulher forte que teve uma péssima experiência em um relacionamento anterior. Ela é metódica e muito dedicada ao seu trabalho, mas não está sabendo lidar com seus sentimentos por Ryder, o filho da dona da Pousada, e responsável pela restauração da mesma. Ryder é o mais velho dos três irmãos, conhecido por seu jeito durão e conquistador, ele nunca demonstrou o menor interesse em encontrar alguém e sossegar, até conhecer Hope. De início, os dois tentam negar a atração existente, mas ela é mais forte do que eles.

“Nenhum homem fez o que você me fez. Faz. Eu sempre achei que houvesse algo errado comigo, porque eu não conseguia o suficiente. Mas a única coisa errada era que nenhum deles era você.” 

Desde o primeiro livro, eu já estava muito ansiosa para conferir a história de Ryder e Hope. Todos os personagens são maravilhosos, mas a personalidade desse casal em especial, tinha tudo para ser explosiva. Sou muito fã dos livros da Nora Roberts, e amo quando cada livro conta a história de um personagem, mas todos eles estão presentes em uma mesma família.

A questão sobrenatural da trilogia foi resolvida de maneira muito doce, singela e satisfatória. A fantasma existente na obra se tornou um dos protagonistas, meu carinho por ela já era imenso. Tudo tinha uma razão, um motivo de existir.

A narrativa mantém o foco em terceira pessoa, intercalando o ponto de vista dos personagens. O romance vai se desenrolando de forma muito natural, o que me agradou bastante. Ryder não muda de personalidade, ele mantem seu jeitão rustico, mas isso não quer dizer que não seja romântico e doce com Hope. Ele foi o meu personagem preferido da trilogia. 🙂

O Par Perfeito é cheio de romance, mas não apenas isso. A cumplicidade, o amor fraterno e a necessidade de ajudar aqueles que amamos são partes essenciais. Recomendo com toda a certeza, mas uma trilogia que ganha um lugar especial na minha estante. <3 😉



5
maio 2017

ARQUIVADO EM: Lançamentos Novidades

Maio está recheado de novidades, se você quer ficar por dentro das novidades desse mês, e saber qual sua próxima leitura, leia até o final. 😉

INTRÍNSECA

Uma historia real, o jornalista Matheus Leitão no livro Em Nome Dos Pais, conta os bastidores de sua vida. Para quem o  acompanha, e gosta de livros investigativos precisa ler essa historia.

EmNomeDosPais_G

Desde pequeno, Matheus Leitão ouvia as expressões “perseguição”, “prisão” e “porão” sussurradas por seus pais, os jornalistas Marcelo Netto e Míriam Leitão. A assustadora palavra “tortura” apareceu bem mais tarde. Movido pela curiosidade de compreender o passado, o jovem perguntador passou a recolher retalhos de uma história dolorosa, que se iniciou em 1972, no Espírito Santo, quando os pais militavam no PCdoB. Delatados por um companheiro, foram presos e torturados. Na ocasião, Míriam estava grávida de Vladimir, o primeiro filho do casal.
Matheus também seguiu a carreira de jornalista, dedicando-se a reportagens sobre direitos humanos e ditadura. Em nome dos pais é resultado de suas incansáveis investigações, que começam pela busca do delator e seguem com a localização dos agentes que teriam participado das sessões de tortura de seus pais. Passado e presente se entrelaçam nessa obra, que reconstitui com rigor eventos do início dos anos 1970 e, ao mesmo tempo, apresenta a emocionante peregrinação do autor pelo Brasil atrás de respostas.
Uma história sobre pais e filhos, sobre reconciliação e responsabilidade, sobre encontros impossíveis. É também uma história sobre um país que ainda reluta em acertar as contas com um passado obscuro.

Páginas: 448

Nos dias de hoje é comum encontrar pessoas que sofrem da depressão, o mau do século. No  livro Razões Para Continuar Vivendo, Matt Haig conta como foi o período em que teve e como reaprendeu a viver com ela. Ótima leitura, tanto para quem possui depressão, conhece alguém que tenha ou quer saber mais sobre isso.

RazoesParaContinuarVivo_G

Quando eu tinha 24 anos, eu quase me matei. Na época, eu morava em Ibiza, Espanha, na parte tranquila da ilha. Minha casa era bem perto de um penhasco. Em meio à neblina da depressão, caminhei até a beirada do precipício e olhei para o mar, para a costa acidentada de pedra calcária, pontuada por praias desertas. Era a paisagem mais linda que eu já tinha visto, mas na hora aquilo não tinha importância. Eu estava muito ocupado tentando reunir a coragem que eu precisava para me jogar dali. Não me joguei. Em vez disso, recuei e vomitei tudo que estava sentindo. Mais três anos de depressão se seguiram. Pânico, desespero, batalhas diárias.
Mas eu sobrevivi. Naquela época, eu tinha certeza de que não conseguiria passar dos 30. A morte ou a loucura total pareciam mais realistas. Já passei dos 40. Hoje vivo cercado por pessoas que amo, fazendo um trabalho que nunca imaginei que faria e passo meus dias escrevendo. Fiquei muito feliz por não ter me matado, mas continuei me perguntando se havia alguma coisa para dizer às pessoas que estão passando por esses tempos sombrios. Essa é minha tentativa.

Páginas: 240

NOVO CONCEITO

Livro empolgante e parece surpreender os leitores, Sociedade J.M Barrie, Barbara J. Zitwer, fala sobre pessoas que só pensam em trabalho e por sorte do destino acabam encontrando um novo motivo para viver.

download (1)

Joey, uma arquiteta nova-iorquina que só pensa em trabalho, está em Cotswolds para supervisionar a restauração da majestosa mansão que inspirou J. M. Barrie a escrever Peter Pan. Os moradores da região não foram exatamente receptivos e também havia um problema com o zelador da mansão, um homem que parecia determinado a arruinar os planos dela. Com essa situação, Joey logo começa a pensar que não conseguirá fazer nada certo neste projeto e também em sua vida até descobrir a Sociedade de Natação de Senhoras J. M. Barrie e começar a nadar com elas em sua Terra do Nunca particular. Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grandeexperiência de vida o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária…

Páginas: 288

 

ARQUEIRO

Escritora de As Sete Irmãs e A Garota Italiana, retorna com o livro Á Árvore dos Anjos, Lucinda Riley. No livro a autora usa a perda de memória da personagem para o leitor ir conhecendo a historia. Livro com uma historia tocante, sobre perdas, amores e o poder de nossas escolhas.

9788580417111

Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado.
Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória.
Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical… mas que esconde um lado sombrio.

Páginas: 496

Para quem gosta de YA, astrologia e romance tem que conferir o novo livro da Thalita Rebouças, Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (ligeiramente) Apaixonado. Quem já leu algum livro dessa querida escritora sabe como os livros são rápidos e empolgantes, vale a pena conferir.

9788580416954

Davi está no segundo ano do ensino médio e finalmente tomou coragem para iniciar o curso de astrologia que sempre quis fazer mas nunca teve coragem de admitir, por medo de sofrer preconceitos.
Entre signos e mapas astrais, conhece Milena, uma menina incrível, que o deixa encantado com seu jeito apaixonante. Tetê, melhor amiga de Davi, o incentiva a investir no relacionamento, mas vencer a timidez é um desafio para ele. Ajudar Zeca, seu amigo que passa por problemas amorosos, também é uma dificuldade, pois Davi é inexperiente no assunto.
No final do primeiro semestre, entretanto, uma novidade causa um rebuliço na turma: Samantha, colega de classe do trio, apresenta Gonçalo, que mora em Portugal e veio passar as férias de verão europeu na casa dela, no Rio de Janeiro.
A chegada do estrangeiro tem efeitos inesperados, e Davi e seus amigos passam a lidar com questões que nunca imaginaram ter que enfrentar.

Páginas: 304

DARKSIDE

Mais um lançamento da caveirinha mais amada. O livro Só Os Animais Salvam, Ceridwen Dovey, fugindo um pouco do modelo terror, o livro é uma fabula e tem como tema a vida e a morte pela visão de um animal.

download

Nós, humanos, achamos que somos o máximo. Mas o que temos feito com o nosso mundo? Só os Animais Salvam é um livro que tenta responder a essa pergunta de maneira inusitada. Cada um de seus contos é uma fábula moderna, narrada pela alma de um animal envolvido em mais um de nossos incontáveis conflitos e guerras humanas ao longo do último século, e suas espantosas e formidáveis histórias de vida e morte. Em meio ao caos, os animais conseguem encontrar esperança e inspiração em uma das atividades mais significativas que nossa espécie já criou: a literatura. Ceridwen Dovey reúne fragmentos e personagens da obra de escritores imortais e nos faz sonhar o sonho dos inocentes. Só os Animais Salvam.

Páginas: 240

 

Esse mês foi recheado de livros novos, e ai, qual você se interessou mais e quer ler em breve?
Caso tenha perdido os outros lançamentos entre aqui.

De 15 em 15 dias entre aqui e descubra os próximos lançamentos.



28
abr 2017

ARQUIVADO EM: Lançamentos Novidades

Chegamos ao final do mês e nada melhor do que descobrir os próximos lançamentos literários que farão nossos corações pulsar mais forte. 🙂 😉

INTRÍNSECA

Finalmente, depois de um ano de espera, o livro Agora e Para Sempre, Jenny Han, chega às livrarias e conclui a série Para Todos os Garotos que Já Amei.

CAPA_AgoraEParaSempreLaraJean_MAIN

“Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito – organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura -, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família – e, quem sabe, o amor de sua vida – para trás.

Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?”

Lançamento: 12/05/2017
Páginas: 304

 

Para quem gosta dos gêneros Policial e Thriller Psicológico não pode deixar de ler Deixei Você Ir, Clare Mackintosh. A autora utiliza uma cidade pequena para criar reviravoltas e personagens marcantes.

DeixeiVoceIr_G

“Quando Jacob morre atropelado em uma rua de Bristol, Inglaterra, depois de ter soltado a mão da mãe em um dia chuvoso, o motorista do carro que o atinge acelera a foge. Desvendar sua morte vira um caso para o detetive Ray Stevens e seus colegas, Kate e Stumpy. Determinado a encontrar o assassino, Ray se vê consumido a ponto de colocar tanto a vida profissional quanto a pessoal em jogo.

Jenna, assombrada pela morte do menino, abandona tudo e se muda para uma pequena cidade costeira do País de Gales. Ela passa os dias em seu chalé tentando esquecer as lembranças do terrível acidente e aos poucos começa a ter algo parecido com uma vida normal e vislumbrar a felicidade em seu futuro. Mas o passado vai alcançá-la, e as consequências serão devastadoras.”

Lançamento: 16/05/2017
Páginas: 368

 

DARKSIDE

A caveirinha mais querida re-lança um clássico da literatura. Para quem gosta de terror, romance, livros marcantes ou tem curiosidade por livros clássicos, não pode deixar essa oportunidade passar. Coração Satânico, William Hjortsberg, lançado originalmente em 1978, ganhou adaptação cinematográfica por Alan Parker, em 1986 e agora volta para circulação.

timthumb

“Coração Satânico se passa em Nova York, em 1959. Harry Angel é um detetive particular contratado para encontrar Johnny Favorite, um músico famoso que desaparecera após a Segunda Guerra Mundial. Psicologicamente transtornado com os campos de batalha, Johnny retornaria aos Estados Unidos em estado catatônico. Dias depois, ele some do hospital de veteranos, sem deixar rastros. O caso leva Harry Angel a se envolver com seguidores do vodu, assassinos e um cliente que não ousa perdoar velhas dívidas.”

Páginas: 320

 

 

NOVO CONCEITO

O segundo livro de Bridget Asher, escritora de “as queridinhas do meu marido”, foi traduzido e publicado no Brasil, em Provence, O Lugar Onde se Curam Corações Partidos, a autora fala sobre perda, amor e recomeço.

download“A vida de Heidi com o filho tornou-se um jogo para manter viva a memória de Henry, bom pai e marido exemplar. Manter uma vida normal em um mundo em que Henry não existe mais está cada dia mais difícil. Heidi precisa lidar com o filho que se tornou um verdadeiro maníaco por limpeza e com a sobrinha Charlotte, uma adolescente problemática. Uma casa em “Provence”, na França, que pertence à família de Heidi há gerações, é rica em histórias de amor e surpreendentes coincidências. Heidi e sua irmã mais velha, Elysius, passavam os verões lá quando crianças, junto com a mãe. A casa, as lembranças e os segredos de Provence haviam ficado para trás, mas agora, com o incêndio que atingiu a propriedade, a casa precisa ser salva por Heidi. Ou será que é Heidi quem precisa ser salva pela casa? Uma história de recomeço, amor e esperança perante a perda, em que uma pequena casa na zona rural do sul da França parece ser a responsável por curar corações partidos há anos.”

Páginas: 368

 

ARQUEIRO

Para quem acompanha a saga Outlander o dia 8 de maio é muito esperado. O quinto livro, Outlander – A Cruz de Fogo: Parte 2, Diana Gaboldon, chega as livrarias.

9788580416862

“Não há mais como escapar: a guerra está diante de Jamie, Claire e sua família. Quando as tensões entre o governo e os rebeldes se acirram, a milícia é convocada mais uma vez e o conflito chega ao clímax na Batalha de Alamance.

De volta ao vilarejo onde moram, os Frasers e os MacKenzies ainda terão que enfrentar diversas tribulações, que acabarão aproximando Jamie e seu genro, Roger. Os dois tramam um plano para acabar com Stephen Bonnet, o sórdido capitão que violentara Brianna, pondo em dúvida a paternidade de seu filho, Jemmy.
Em meio a várias revelações, o mais surpreendente é o retorno inesperado de um conhecido, que traz uma pista capaz de desvendar os mistérios que cercam os viajantes do tempo.”

Páginas: 592

 

Quais os lançamentos mais esperados por vocês??



26
abr 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

quem eraAutor: JP Delaney
Título original:
The Girl Before
Editora:
 Intrínseca
Número de páginas:
 336
Avaliação: 
4,5/5
Onde comprar: Amazon |
Americanas | Submarino

Sinopse: É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço.
Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador.
Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante repleto de reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras.

Oi gente! A resenha de hoje é de um livro ótimo, um thriller intrigante que nos deixa com diversas dúvidas. A narrativa é dividida em dois tempo: o passado, com Emma, e o presente, com Jane. As narrativas vão encaminhando, até o momento onde elas praticamente se fundem. O ponto de ligação entre as duas personagens é a casa da Folgate Street, nº1. Uma casa de arquitetura minimalista, e que contém uma lista imensa de exigências para ser alugada.

Se você se interessou, corre para conferir a resenha em vídeo, quanto mais vocês curtirem, mais fácil é para eu conseguir um sorteio. 🙂 😉



18
abr 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

 Autor: Willian P. Young

Título Original: The Shack

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 240

Avaliação: 5/5 ♥

 

Sinopse: Durante uma viagem de fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas numa velha cabana.

Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o a voltar à cabana onde aconteceu a tragédia.

Apesar de desconfiado, ele vai ao local numa tarde de inverno e adentra  passo a passo o cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda seu destino para sempre.

Em um mundo cruel e injusto, A Cabana levanta um questionamento atemporal: se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar o nosso sofrimento?

As respostas que Mack encontra vão surpreender você e podem transformar sua vida de maneira tão profunda como aconteceu com ele. Você vai querer partilhar este livro com todas as pessoas que ama.

 

Com a proximidade da estreia do filme, resolvi reler esse livro que me emocionou de uma forma tão especial e relembrar essa história tão tocante.

Comecei essa releitura em um momento complicado em que eu estava descrente do ser humano e minha fé andava meio abalada.

Então, eu sentia que precisava encontrar alguma coisa em que acreditar novamente, foi aí que voltei à cabana e à vida de Mack e de sua filha mais nova.

A Cabana vai narrar a história de Mack Allen Phillips, um pai que teve sua filha caçula sequestrada e brutalmente assassinada numa velha cabana.

Quatro anos depois desse terrível acontecimento, Mack recebe um estranho bilhete, o convidando a voltar para cena do crime, e o bilhete endereçado a ele, tinha como remetente, Deus.

Incrédulo e pessimista, em decorrência dos últimos acontecimentos de sua vida, Mack, não leva a sério o referido bilhete.

“ Mackenzie

Já faz um tempo. Senti sua falta.

Estarei na cabana no fim de semana que vem, se você quiser me encontrar.

                                                   Papai” (Página 19)

Porém, mesmo sem acreditar no que estava lendo, Mack resolveu enfrentar seus piores pesadelos e voltar para o local que o remetia a maior tristeza de sua vida, mudando completamente suas concepções e crenças.

A Cabana, é um livro que deve ser lido como uma prece. É uma história sobre amor e perdão, que nos ensina a acreditar que nada nessa vida é em vão, e que nossas ações, mesmo que pareçam uma gota d’água no oceano, são de grande importância para Deus.

Sou suspeita para falar desse livro, pois amo demais essa história e acredito que todos deveriam conhecer e assim como eu, se deixar arrebatar pelas lindas palavras ali contidas. Leiam, apenas.

“Todas as vezes que você perdoa, o universo muda; cada vez que estende a mão e toca um coração ou uma vida, o mundo se transforma; a cada gentileza e serviço, visto ou não visto, meus propósitos são realizados e nada jamais será igual.” (Página 219)

 



21
mar 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

Apegados.indd Autora: Sarah Jio

Título Original: The Violets of March

Editora: Novo Conceito

Número de Páginas: 304

Avaliação: 5/5

Onde Comprar:

 

Sinopse: Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio. Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge – a ilha onde morou quando menina – para tentar se reorganizar. Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo – e mais verdadeiro – livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes. Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta. Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história. Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades. As Violetas de Março é um romance sobre a força do amor, sobre as peças que o destino prega e sobre como podemos ser felizes mesmo quando tudo parece conspirar contra a felicidade.

Com um trecho da delicada canção de Tom Jobim, As Águas de Março, a autora nos conduz à história de Emily, uma escritora renomada que após ter o coração partido pelo marido, resolve seguir rumo a Baindridge, uma pequena cidade localizada no estado de Washington, a pedido de sua tia Bee, buscando resgatar sua inspiração e um novo sentido para sua vida.

“Bee acredita que o estuário de Puget tinha imenso poder de cura. E eu sabia que, quando lá chegasse, ele me encorajaria a tirar os sapatos e a ir vadear, mesmo se fosse uma hora da manhã” (Página 24)

Chegando lá, Emily reencontra amores do passado e pessoas que fizeram parte de sua vida durante a infância. Contudo, o surgimento misterioso de um caderno de veludo vermelho em seu quarto, é o enigma que a intriga no momento, fazendo com que a célebre escritora comece uma minuciosa investigação sobre aqueles personagens da década de 1940, mesmo que as palavras contidas no velho diário não fizessem sentido algum para ela.

“Porque uma história de 1940, de alguém sobre quem eu nada sabia, teria qualquer relevância para minha vida? Como seria possível? Nada daquilo fazia sentido, mas em algum lugar em meu coração eu estava começando a sentir que talvez fizesse.” (Página 200)

Nessa empreitada, Emily descobrirá segredos do passado que mudarão completamente sua vida. Conhecerá a si mesma e entenderá que o verdadeiro amor esta traçado e que o destino é seu maior aliado.

“Deixo-lhe um pensamento, um pensamento sobre o amor que me levou a passar por muitos fracassos: o grande amor perdura ao tempo, à magoa e a distância. E mesmo quando tudo parece perdido, o verdadeiro amor vive. Sei disso agora, e espero que você também.” (Página 276)

Finalizo esta resenha completamente encantada com Sarah Jio, por nos apresentar sua primeira história de maneira tão comovente e arrebatadora. As Violetas de Março, é sem dúvida, um livro inesquecível, cativante e encantador.

Se você esta a procura de um romance em que o destino é quem dita as regras e almas gêmeas se reconhecem. Esse livro é para você!

 






ilustrações design e desenvolvimento