04 ago, 2015

Filme: A Espiã Que Sabia de Menos

spy1

Título Original: Spy

Lançamento: 2015

Direção: Paul Feig

Elenco: Melissa McCarthy, Jason Statham, Jude Law, Rose Byrne

Gênero: Ação, Comédia

Sinopse: Susan Cooper (Melissa McCarthy) é uma despretensiosa analista de base da CIA, e heroína não reconhecida por trás das missões mais perigosas da Agência. Mas quando seu parceiro (Jude Law) sai da jogada, e outro agente (Jason Statham) fica comprometido, Susan se voluntaria para se infiltrar no mundo de um traficante de armas mortais e evitar um desastre global.

Quando ouvi falar pela primeira vez de A Espiã Que Sabia de Menos eu não dei absolutamente nada para filme. De verdade, nada. Pensei que fosse mais um besteirol clichê e estereotipado que não geram nenhum apelo em mim. Mas aí estava vendo um vídeo da Xtinemay sobre as grandes estreias recentes do cinema e me surpreendi com o quão bem ela falou sobre Spy, no original. Interessada resolvi procurar outros comentário e a grande maioria deles eram muito positivos. Então é claro que precisei dar um chance para o filme e agora posso afirmar que faz tempo que não assistia uma comédia tão boa.

Acho que o mais surpreendente do filme é que, diferente do que o título nacional (péssimo e desnecessário) sugere, Spy não é um besteirol, mas aposta em uma comédia mais “interessante” e em um roteiro que não se limita a ser uma paródia de famosos filmes de espionagem, pelo contrário, cria um enredo intrigante, bem executado e que não deixa nada a desejar.

É claro que a comédia ainda é o norte principal do filme e, como eu disse, surpreende pela forma com que funciona perfeitamente ao ter o timing certo e apostar no inesperado. Spy é aquele tipo de filme que faz você rir de verdade, com gosto e faz isso sem apostar – pelo menos não sempre – em piadas prontas e esteriótipos. Mas, como eu já disse, todo o enredo do filme também surpreende pela sua qualidade. A estória é bem pensada, executada e amarrada e as cenas de ação são interessantes de ver, fazendo com que prenda a atenção de quem está assistindo durante cem porcento do tempo. Um ótimo exemplo de como o filme não se prende a clichês é a própria protagonista que sofre durante todo o filme com as pessoas tentando encaixá-la em um esteriótipo e no fim se mostra superesperta e badass.

Outro ponto muito positivo e importante é o seu elenco, o filme tem nomes de peso que não deixaram a desejar. A Melissa Macarthy é ótima, isso não novidade nenhuma, mas me surpreendi muito com o trabalho dela nesse filme. Ela conseguiu criar uma protagonista cheia de personalidade, que ganha fácil a simpatia do público e se surpreende ao mostrar a força e inteligência da Susan – não vou comentar sobre como ela é absolutamente ótima nas cenas engraçadas porque acho desnecessário. O Jude Law e o Jason Statham dão vida à personagens que não são tão recorrentes assim, mas que roubam a cena sempre que aparecem. Law não deixa a desejar no charme e consegue te fazer entender na hora o encantamento da Susan por ele, já Statham me surpreendeu muito por interpretar um personagem com um viés tão cômico, mesmo sendo o personagem mais esteriótipo de todos ele ainda consegue ser interessante e fazer a diferença. Queria destacar também o papel da Rose Byrne que é definitivamente marcante, mesmo não sendo tão bem construído assim.

Não poderia deixar de destacar a ótima trilha sonora do filme. Sabe aquele filme que tem as músicas perfeitas para cada cena e que são fortes e marcantes? Spy é exatamente assim! Destaco ainda a música dos créditos finais que é simplesmente ótima.

A Espiã que Sabia de Menos – ou Spy, que é beeem melhor – é uma daquelas comédias delícias de assistir que te prende do começo ao fim e te faz dar boas risadas. Já assisti duas vezes e com certeza vou assistir outras vezes mais!

badge_post_01

Tags: , ,

veja os posts relacionados

Deixe um comentário

2 Comentários em "Filme: A Espiã Que Sabia de Menos"

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Juh Sutti
Admin

Oi Carol!
Fiquei DOIDA para assistir esse filme, amo o Jason Statham. Eu jurava que seria um filme clichê, mas sua resenha me deixou empolgada. Espero gostar tanto assim. <3

Beijos

trackback

[…] 04/08 – A Espiã que sabia de menos: No segundo dia a Carol fez uma resenha do filme A Espiã que sabia de menos, eu fiquei bem curiosa para conferir. Antes eu tinha a impressão de que seria um filme bem sem graça e cheio de clichês chatos, mas não foi isso que a Carol mostrou. Quero assistir o quanto antes.   […]