mm1 mm2 mm3mm4 mm5 mm6 mm7


19
set 2016

ARQUIVADO EM: Literatura

o-ar-que-ele-respiraElementos #1
Autor:
Brittainy C. Cherry
Título original:
The Air He Breathes
Editora:
Record
Número de páginas:
306
Avaliação: 
5/5 
Onde comprar:  Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Brittainy C Cherry já tinha ganhando o meu amor com o livro Sr. Daniels, que se tornou um dos meus favoritos ano passado. Então, confesso que minhas expectativas estavam bastante altas em relação à esse livro. Fico feliz em dizer que a autora superou todas elas, terminei o livro após 4 horas de leitura ininterruptas. 

Neste volume conhecemos a história de Tristan e Elizabeth, duas pessoas que tiveram suas vidas modificadas após um acidente. De início vemos Lizzie voltando à sua cidade, para sua antiga vida. Depois da morte de seu marido, Elizabeth não soube como lidar com a tragédia e decidiu passar um tempo na casa de sua mãe, juntamente com sua filhinha. No entanto, em determinado momento Elizabeth percebe que precisa voltar, que precisa seguir sua vida e permitir que sua filha volte a viver na normalidade, em sua própria casa. Ela então conhece Tristan Cole, um homem mal humorado e conhecido como o esquisitão da cidade, ele não conversa com as pessoas (a não ser para ser grosseiro), não cuida de sua aparência e parece detestá-la de imediato. O que deveria repelir Lizzie, tem o efeito contrário. Ela sente emoções adormecidas há um bom tempo, e percebe que por trás dessa fachada de dureza e antipatia, pode existir um homem bom, mas com o coração machucado. 

“Num piscar de olhos, num breve momento, tudo o que eu sabia sobre a vida mudou.”

O Ar que ele Respira é um livro forte e carregado de emoções, a dor é tão nítida e pungente que fui às lágrimas diversas vezes. Lizzie perdeu seu marido, seu companheiro e melhor amigo e eu não sei lidar com livros onde esposas perdem seus maridos de maneira trágica, eu me coloco no lugar e sofro instantaneamente. Não consigo me imaginar sem o meu marido, e quão mais forte deve ser a dor quando se tem uma criança envolvida, alguém que depende totalmente de você, e que precisa que você sai do luto e volte a viver. A vida de Tristan é ainda mais triste e obscura, ele mergulhou em sua dor e culpa, e está ali, incapaz de emergir. Eu quis tanto cuidar dele, consolá-lo dizendo que tudo ficaria bem, que era permitido a ele amar novamente e querer ficar com Lizzie!

“Eu não sabia que era possível. Eu não sabia que os pedaços quebrados de um coração, poderiam ainda bater por amor.”

O romance é absolutamente real, dois jovens destroçados que precisam um do outro para recolher seus pedaços e prosseguir. O mais incrível é que a autora não apenas criou um romance e disse “pronto, agora o amor vai curar tudo e eles serão felizes imediatamente”, de maneira nenhuma! Cada etapa desse relacionamento é delicada, o processo de cura é doloroso e demorado, você acredita no amor deles, e entende como aconteceu. Amei o casal, amei a dinâmica e a forma como seus caminhos se entrelaçaram.

“Sabe aquele lugar entre os sonhos e os pesadelos? Aquele lugar onde o amanhã não chega e o passado não dói mais? O lugar onde seu coração bate em sintonia com o meu? Aquele lugar onde o tempo não existe e é mais fácil parar de respirar? Quero viver nesse lugar lá com você.”

Os personagens secundários também são muito importantes na trama, destaque para Emma (a filha de Lizzie), Faye (a melhor amiga) e Zeus (o cachorro de Tristan). Com a ajuda desses três personagens, a trama ficou ainda mais forte, pois todas as formas de amor foram exploradas, não apenas o amor romântico. Brittainy C. Cherry não brincou em serviço, e nos brindou com uma história cheia de lições e aprendizados, gostaria de poder abraçar a autora e agradecer, sério.

“Enquanto o ar continuar enchendo meus pulmões, enquanto eu respirar por lutar por você. Vou lutar por nós.”

A narrativa intercala o ponto de vista de Tristan e Lizzie, o que me agrada muito e faz com que a imersão no mundo deles seja mais simples. A fluidez no texto é tamanha, que fica impossível parar de ler (eu não consegui, só parei quando a história terminou). O final é eletrizante, temos uma boa dose de suspense e muita adrenalina. 

Por fim, preciso dizer o quanto eu AMEI esse livro, o quanto essa história mexeu com o meu coração e sentimentos. Recomendo com toda a certeza e torço para que o coração de vocês seja tocado da mesma forma.

O Ar que ele Respira é o primeiro livro da série Elementos, que possuirá ao todo quatro livros, cada um contando a história de um casal diferente. 




Deixe um comentário

1 Comentário em "O Ar que Ele respira, de Brittainy C. Cherry"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Patricia
Visitante

Oi Juh!
Eu gostei do livro, muito bem escrito, mas não amei, dei 3/5. Não me convenceu totalmente a estória e o casal 😳😘

wpDiscuz

ilustrações design e desenvolvimento