22 maio, 2018

Procurando Gobi, de Dion Leonard

Autor: Dion Leonard

Título Original: Finding Gobi

Editora: HarperCollins

Número de Páginas: 256

Avaliação: 5/5

Sinopse: Procurando Gobi é o relato espetacular de Dion Leonard, um ultramaratonista experiente que se depara com uma cachorrinha perdida enquanto percorria os 250 quilômetros pelo Deserto de Gobi, enfrentando condições extremas. A adorável filhotinha que mais tarde seria batizada de Gobi, correu lado a lado com ele pelas montanhas, enfrentou uma tempestade de areia, o sol escaldante, cruzou dunas imensas e vilarejos remotos.

Vendo sua determinação e coragem, Dion apegou-se cada vez mais à sua companheira de corrida, inclusive fazendo planos de cuidar dela dali em diante. Porém, antes que pudesse levá-la para casa, Gobi some em uma  cidade chinesa com milhões de habitantes, e Dion começa, então, uma corrida contra o tempo para tentar encontrar a cachorrinha mais uma vez.

Quando a HarperCollins anunciou o lançamento desse livro, confesso que fiquei bem animada, pois imagine que curioso, um ultramaratonista encontrar uma cachorrinha perdida que mais adiante se tornará sua companheira inseparável! E saber que toda essa aventura trata-se de uma história real, me deixou ainda mais ansiosa para ler.

Logo nos primeiros capítulos, Dion Leonard vai nos contando como conheceu a filhotinha e de que maneiras ela mudou sua vida por completo.

“A verdade é que essa cadelinha me mudou de tal modo, que só agora começo a compreender. E talvez, nunca chegue a entender totalmente. Só sei que procurar Gobi foi uma das coisas mais difíceis que fiz na vida. Mas ser encontrado por ela, ah, essa foi uma das melhores coisas que me aconteceu.” (Página 9)

Dion Leonard começou sua jornada como maratonista por acaso, quando saiu de Londres para morar em Manchester e um velho amigo comentou que participaria de uma meia-maratona. Ele avaliou suas condições físicas e chegou a conclusão de que poderia fazer aquilo.

“- Acho que posso ganhar de você.

Dan deu uma gargalhada, A música estava alta, e ele então se inclinou para garantir que eu ouvisse:

– Você o quê?

-Posso te derrotar. Fácil.

– Você não é corredor, Dion. Sem chance.

– Olha Dan, tenho tanta certeza, que vou dar cinco minutos de vantagem para você.” (Página 34)

E foi assim, que com o apoio de sua esposa Lucja, Dion Leonard começou sua jornada como maratonista. Até que um dia, ele é surpreendido com a chegada de um novo viajante.

“Quando me levantei, vi um cachorro. Ele era pequeno, bege-claro e tinha uns 30 cm de altura, olhos castanho-escuros e uma barbicha e um bigodinho engraçados.” (Página 48) 

Gobi, que na verdade era uma cachorrinha, se torna companheira inseparável de Dion em suas maratonas. E mesmo nas condições mais adversas, a pequena parceira estava lá, firme e forte, seguindo seu novo amigo.

“Sem que ela percebesse, havia a observado brincar, e tinha certeza de que tinha ao menos um ou dois anos. Com relação ao seu passado, não haveria jeito. Não poderia dizer se ela alguma vez tinha sido maltratada, afinal, não tinha cicatrizes nem lesões que a impedissem de correr bem mais de 115 quilômetros. Mas então, por que ela havia fugido? Será que havia perdido? Haveria um dono por aí, agora mesmo, perto das dunas de areia em um extremo do Deserto de Gobi preocupado com sua cadelinha perdida?” (Página 105)

Livros como esse tem o poder transformador de mudar nossas vidas, nos fazer refletir e ao mesmo tempo aquecer nosso coração, tamanha a doçura contida em seu enredo. Dion e Gobi são especiais!

Gobi é um encanto, um ser de luz que chegou para agregar a família de Dion e Lucja. Uma doce criatura que deixa uma lição muito preciosa sobre a vida, numa história inspiradora sobre companheirismo e amizade, Gobi com sua garra e determinação nos ensina a amar o próximo sem pedir nada em troca, apenas amor. Livro lindo e emocionante!

 

 

Tags: , , , ,

veja os posts relacionados

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of