mm1 mm2 mm3mm4 mm5 mm6 mm7


13
mar 2017

ARQUIVADO EM: Inspiração

Eu não acordo bonita, definitivamente. 😛

Na verdade, por não ser uma “morning person”, acordar cedo me deixa até mesmo mal humorada. Eu gosto de dormir tarde e de resolver as coisas a noite. Sou extremamente mais produtiva durante a noite, me sinto mais desperta e criativa. 

Quando encontrei as ilustrações do artista Isaiah Stephens na internet, me senti representada hahaha, as princesas também não acordam lindas! Dá só uma olhada nas ilustrações, que fofas:

princesasacordando-008

Jasmine, de Aladdin.

 

 

 

princesasacordando-007

Tiana, de A Princesa e o Sapo.

princesasacordando-006

Mulan, de Mulan.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

princesasacordando-005

Ariel, de A Pequena Sereia.

princesasacordando-001

Pocahontas , de Pocahontas.

princesasacordando-002

Cinderela, de Cinderela.

princesasacordando-003

Bela, de A Bela e a Fera.

princesasacordando-004

Aurora, de A Bela Adormecida.

E de brinde, temos a maravilhosa Úrsula, que de princesa não tem nada, mas até que acorda bem né? Apesar de ser uma vilã (A Pequena Sereia), Úrsula é tão cativante que achei demais o artista colocá-la em sua lista. 🙂

princesasacordando-009

E aí, qual foi a preferida de vocês? A minha com certeza foi a Mulan! 😀



23
set 2015

ARQUIVADO EM: Inspiração

Eu sou apaixonada pelas princesas Disney, tem dias que fico horas na internet vendo versões das princesas, e sempre me surpreendo com o talento dos artistas! Nas minhas andanças, encontrei as pinturas a óleo de Heather Theurer e fiquei de queixo caído. Meu pai, nas horas vagas, pinta quadros lindos, então é algo que realmente me chama à atenção.

Separei alguns trabalhos da Heather para colocar aqui no blog, mas vocês podem conferir todos no site da artista. Vale a pena!

Beauty-the-Beast

Type = ArtScans RGB : Gamma = 2.000

Lilo1

merida

Bela, Ana e Elsa, Lilo e Merida (respectivamente) foram as que eu mais gostei, acharia incrível ter esses quadros aqui em casa! Qual a preferida de vocês?



22
ago 2015

ARQUIVADO EM: Inspiração

Tudo o que envolve o universo Disney sempre me atrai, sou apaixonada pelas animações e filmes. Quando vi o trabalho do ilustrador Rafael Mayani fiquei absolutamente encantada. O artista tem um traço bem característico, e sua versão dos personagens Disney ficou maravilhosa. Essa série de ilustrações foi denominada Disney Challenge. Confiram!

Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Alice Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Alladin Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Ariel Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Aurora Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Bela Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Branca Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Cinderela Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Detona Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Dumbo Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Elsa Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Hercules Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Leão Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Lilo Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Peter Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Pooh Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Rapunzel Rafael-Mayani-Disney-Challenge-Tarzan

Lindo né? Já quero quadrinhos com essas ilustrações no meu quarto! A minha ilustração preferida é a da Ariel, e a de vocês?

badge_post_01



23
out 2014

ARQUIVADO EM: Inspiração
Eu já tinha um post praticamente pronto para hoje, faltava só algumas edições e ele sairia do rascunho. No entanto, nas minhas andanças pelo Google, acabei encontrando as Princesas Disney numa versão Plus Size! Achei tão lindo, que mesmo imaginando que a maioria de vocês já tenha visto, eu precisava mostrar aqui para vocês. 
O criador dessa versão tão linda das princesas é Eduardo Santos, mais conhecido como Edull. Ele é especializado em criar desenhos de mulheres acima do peso. Em sua página do Facebook, podemos observar diversos outros desenhos, igualmente incríveis (já virei fã do artista).
 
Espiem só que fofura! As princesas não são apenas gordinhas, elas são MUITO estilosas. Edull modernizou suas roupas, deixando-as ainda mais atuais. 
 Branca de Neve e Cinderela
 Esmeralda e Alice
 Jane e Bela
 Ariel e Jasmine
 Mulan e Pocahontas
 Tiana e Rapunzel
 
O sucesso foi tanto, que as princesas Plus Size ganharam um calendário! Já quero o meu. Simplesmente amei as ilustrações, e vocês? O que acharam?



24
dez 2013

ARQUIVADO EM: Sem categoria

Título Original: Frozen
Lançamento: 2014

Direção: Chris Buck, Jennifer Lee
Elenco: –
Gênero: Animação, Aventura

Sinopse: Em Frozen – Uma Aventura Congelante, a garota Anna se une ao homem da montanha Kristoff numa jornada para encontrar Elsa, a Rainha da Neve, e colocar um fim ao feitiço que colocou seu reino sob um inverno eterno.

Eu sou viciada em animações, tanto que se eu ver algum filme da Barbie ou de Princesas da Disney eu vou, simplesmente, correr para assistir (Sim, ainda não abandonei a infância haha). Por isso, quando vi as notícias de que a Disney estava produzindo uma animação baseada no conto da Rainha da Neve e que tem não uma, mas duas princesas como protagonistas, eu simplesmente pirei, ansiedade que só aumentou depois de ouvir a música Let It Go da Demi Lovato, feita só para o filme e que é incrível. Então, assim que o filme ficou disponível na internet eu corri para assistir,em inglês mesmo, sem paciência de esperar até Janeiro para ir ao cinema. E posso dizer que faz muito tempo que não gostava tanto de uma animação como aconteceu com Frozen – Uma Aventura Congelante

A Princesa Elsa nasceu com uma habilidade incrível, porém perigosa, o que levou seus pais, o Rei e a Rainha, a fecharem os portões do castelo para proteger o reino de Elsa e a garota da crueldade das pessoas. Porém, Elsa também teve que se isolar de sua irmã, AnnaAnna teve uma infância solitária, sua irmã, que antes era sua melhor amiga, passou a se trancar no quarto e ela não podia sair do castelo para brincar, assim como ninguém podia entrar. 
Anos mais tarde, quanto fica impossível se esconder por mais tempo, Elsa precisa sair do seu quarto, abrir as portas do castelo e assumir sua posição como futura rainha. Porém, depois de um acidente, ela acaba condenando seu reino a uminverno permanente enquanto foge para se esconder nas montanhas. Sendo a única que acredita no bom coração da irmã, Anna, com a ajuda de Kristoff, vai enfrentar uma jornada perigosa para chegar até a irmã e fazê-la voltar e consertar a situação. 

Primeiro de tudo, muito amor pela fofura que é o começo desse filme! Ver as duas princesas crianças se divertindo foi fofo até dizer chega e, mesmo que depois, com o isolamento de Elsa, as cenas passassem a dar um aperto no coração, ainda era muito fofo ver as duas pequenas. A verdade é que não tem como amar as duas personagens principais do filme. 
A Anna é a verdadeira protagonista e não decepciona no papel, ela tem um amor incondicional pela irmã, mesmo depois de ter sido abandonada por ela, e, por isso, não mede esforços para encontrá-la. Ela é corajosa, determinada, alegre mesmo nas piores situações e tem uma ingenuidade que pode fazer ela cometer umas burrices, mas é uma parte tão natural de sua personalidade que encanta. 
Enquanto a Anna traz um clima leve para o filme, a Elsa já desperta um pouco tristeza em quem assiste – pelo menos foi o que aconteceu comigo. Ela viveu sempre com medo, com culpa e tristeza por ter que se afastar de todos, principalmente da irmã. Mas, ao mesmo tempo que odeia seus poderes por isso, ela também os ama por causa da sua beleza. A Elsa vive nessa batalha entre querer trancafiar seus poderes e querer libertá-los completamente, fazendo dela uma personagem muito forte. 

Quanto aos personagens coadjuvantes, eu destaco o Kristoff, que é aquele mocinho típico de filmes de animação, divertido, corajoso e fofo, não tem como não amar. Outro destaque, para mim, é o boneco de neve Olaf, que é o personagem responsável pela parte cômica do filme. Só que ele tem um diferencial muito legal, o personagem é muito ingênuo e puro, fazendo que a graça dele seja leve e natural e o transformando em uma das partes mais fofas do filme. O Olaf é muito, muito amor minha gente!

Eu confesso que tenho um problema com musicais, mesmo em filmes de animação. Tanto que quando os personagens começaram a cantar em Frozen, logo no começo, eu pensei: sério mesmo? Só que, incrivelmente, nesse filme eu não me incomodei nenhum um pouco com as músicas. Foi ao contrário na verdade, eu gostei ainda mais de Frozen por causa delas. Não sei como ficou em português, mas no original as letras são lindas, combinam muito a estória e grudam demais na cabeça. A minha preferida ainda é Let It Go, que citei lá no começo, e que no filme é cantada pela Elsa em uma versão um pouco diferente. 
Não posso comentar sobre a dublagem em português, infelizmente, porém para quem não se incomoda de assistir em inglês e/ou legendado posso dizer que está tudo muito bem feito e as vozes super combinam com os personagens. 

Os cenários são baseados na Noruega e tem toda essa neve que, juntos, trazem uma magia especial para o filme. Eu simplesmente amei a ambientação e o figurino dos personagens, percebe-se que houve um carinho especial para esses aspectos que garantem um clima muito mais real e mais encantador para o filme. Frozen é aquele tipo de animação que envolve completamente quem assiste, tem aquela aura mágica que te captura e encanta. Eu me senti totalmente fisgada pela estória, coisa que não acontecia comigo a um bom tempo em filmes de animação. 
O único defeito do filme, para mim, foi a previsibilidade dos acontecimentos, mas, sinceramente, não sei se tem como realmente encarar isso como um defeito. Animações e filmes infantis, no geral, não são feitos para causarem muitas surpresas e terem muitas reviravoltas – principalmente em pessoas mais velhas que já assistiram centenas de filmes e que já conhecem todos os clichês existentes. 

Frozen- Uma Aventura Congelante é um filme delicioso de se assistir, que traz aquela magia da infância e que tem uma estória muito fofa. Feito com muito cuidado, é uma animação linda de assistir e que me comocionou e encantou demais, não me arrependo nenhum um pouco de não ter esperado para ver nos cinemas. Para mim, todos que gostam de animações e filmes de princesa não podem, de jeito nenhum, deixarem de assistir Frozen, corram pro cinema em Janeiro e se apaixonem por esse filme assim como eu. Vale super a pena!



4
fev 2011

ARQUIVADO EM: Sem categoria
Genêro: Animação
Duração: 92 minutos
Distribuidora: Walt Disney 

Flynn Ryder (Zachary Levi) é o bandido mais procurado e sedutor do reino. Um dia, em plena fuga, ele se esconde em uma torre. Lá conhece Rapunzel (Mandy Moore), uma jovem prestes a completar 18 anos que tem um enorme cabelo dourado, de 21 metros de comprimento. Rapunzel deseja deixar seu confinamento na torre para ver as luzes que sempre surgem no dia de seu aniversário. Para tanto, faz um acordo com Flynn. Ele a ajuda a fugir e ela lhe devolve a valiosa tiara que tinha roubado. Só que a mamãe Gothel (Donna Murphy), que manteve Rapunzel na torre durante toda a sua vida, não quer que ela deixe o local de jeito nenhum.

Mais uma animação que vai para o topo da lista dos meus favoritos *-*  Enrolados é extremamente divertido e romântico. 
Em um reino distante existe um rei e uma rainha extremamente amados pelo povo, a rainha esta para dar a luz, porém ela adoece, os soldados se mobilizam na busca pela flor dourada, uma flor raríssima que tem o poder de curar. O problema é que Gothel, uma mulher de caráter duvidoso, sabe exatamente onde se encontra a flor e faz questão de mante-la escondida, ja que ela usa a mesma para rejuvenescer, através de uma canção que libera seu poder. 
Os soldados enfim encontram a flor, e levam para a rainha, com a bebida feita da flor ela se cura e tem seu bebê, uma garotinha linda de cabelos dourados. Gothel invade o castelo e tenta cortar um fio de cabelo da princesa para manter-se jovem, mas logo ela percebe que não vai adiantar, então ela sequestra a garotinha.
Alguns anos se passam, e a garotinha, chamada Rapunzel esta prestes a completar 18 anos e seu maior desejo é sair da torre onde sua mãe a colocou. 

Flynn Ryder é um bandido carismático e irresistível, ele acaba de roubar a coroa de dentro do palácio, em sua fuga dos soldados e do dedicadíssimo cavalo Max ele encontra um torre em um lugar escondido na floresta, ele sobe e é recebido por Rapunzel com um golpe de frigideira =)
E ai que aventura começa, preso em uma cadeira pelos 21 metros de cabelos de Rapunzel, Flynn promete levar Rapunzel para o reino e mostrar as “estrelas” que ela tanto quer conhecer, (e que sempre aparecem no dia de seu aniversário) e traze-la em segurança em troca de sua bolsa que contém a coroa.
Trato feito os dois partem em uma jornada, cheia de perigos e diversões, e  Gothel fará de tudo para recuperar sua preciosa “filha”.


Lindo demais, encantador. As músicas são super fofas, no maior estilo Disney mesmo, e depois de assistir 3 vezes ao filme (sim eu assisti 3 vezes rs..) estava cantarolando pela casa.
Os personagens secundários são super fofos, O cavalo Max e o camaleão amigo de Rapunzel dão um toque a mais ao filme (esqueci o nome do camaleão =/) E tem as partes mais engraçadas!
Super indico para toda a familia, fiz meu marido assistir e ele adorou ^^
Só tenho uma ressalva super importante a não ser que você vá assistir com uma criancinha que não sabe ler, assista legendado! Sério a dublagem é podre, Flynn é dublado pelo Luciano Huck, nada contra o apresentador, gosto dele, mas ficou ridículo!! 
Eu assisti um pedaço dublado e não consegui, tive que assistir legendado, o que foi maravilhoso, Rapunzel é dublada pela fofa Mandy Moore, imagina que linda as músicas cantadas por ela neh? E Flynn é dublado por Zachary Levi protagonista da série Chuck.
Assistam e depois me contem 😉



beijocas enormes
Ps: Desculpem a configuração da postagem, não consegui de jeito nenhum manter o tamanho e as letras normais =/






ilustrações design e desenvolvimento