Posts arquivados em Tag: Kristin Hannah

15 maio, 2018

O Rouxinol, de Kristin Hannah

Autora: Kristin Hannah

Título Original: The Nightingale

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 432

Avaliação: 5/5

Sinopse: Franças, 1939: No pequeno vilarejo de Carriveau, Vianne Mauriac se despede do marido, que ruma para o front. Ela não acredita que os nazistas invadirão o país, mas logo chegam hordas de soldados em marcha, caravanas de caminhões e tanques, aviões que escurecem os céus e despejam bombas sobre inocentes. Quando o país é tomado, um oficial das tropas de Hitler requisita a casa de Vianne, e ela e a filha são forçadas a conviver com o inimigo ou perder tudo.

De repente, todos os seus movimentos passam a ser vigiados e Vianne é obrigada a fazer escolhas impossíveis, uma após a outra, e colaborar com os invasores para manter a família viva.

Isabelle, irmã de Vianne, é uma garota contestadora que leva a vida com o furor e a paixão típicos da juventude. Enquanto milhares de parisienses fogem dos terrores da guerra, ela se apaixona por um guerrilheiro e decide se juntar à Resistência, arriscando a vida para salvar os outros e libertar seu país.

O livro conta a história de Vianne e Isabelle. Duas irmãs com ideais e temperamentos opostos que serão obrigadas a lutar por suas vidas, numa guerra sem trégua.

“Se há uma coisa que aprendi neste minha vida foi o seguinte: no amor, nós descobrimos quem desejamos ser, na guerra, descobrimos quem somos.” (Página 7)

Vianne é uma dedicada esposa e mãe de família que vê seu mundo cair no dia em que seu marido Antoine é convocado para a guerra, enquanto seus país é tomado pelos nazistas. Para piorar a situação, um oficial das tropas de Hitler solicita sua casa.

Sozinha e sendo forçada a conviver com o inimigo, Vianne é obrigada a fazer escolhas difíceis para manter sua família a salvo da qualquer perigo.

Isabelle por sua vez, não teme a ameaça iminente e destemida como sempre foi, parte para a Resistência, arriscando a própria vida os em benefício dos mais necessitados e de seu país.

” – Gaeton Dubois. Meus amigos me chamam de Gaet.

– Isabelle Rossignol.

– Ah, um rouxinol.” (Página 43)

Vianne e Isabelle precisam agora lutar, cada uma a sua maneira, para manter seus entes queridos vivos e sobreviver, mesmo que em alguns momentos isso pareça uma tarefa impossível.

“Sintia-se exausta e abatida até os ossos, mas não podia descansar, Acendeu um lampião e sentou-se no divã.” (Página 253)

O Rouxinol é um romance histórico de passagens difísseis e com uma carga dramática extremamente cruel. O livro possui techos duramente reais, que fazem com que o leitor sinta os horrores da guerra em sua plenitude.

“- Algumas histórias não têm final feliz. Até mesmo histórias de amor. Principalmente histórias de amor.” (Página 367)

Fiquei com o coração em pedaços por essas irmãs e seu destino implacável, e por todo o horror que elas presenciaram e sentiram na pele.

“Isabelle é uma mulher forte. Eu não sou. Sou apenas…uma mãe tentando manter seus filhos em segurança.” (Página 373)

O livro ganhará uma adaptação para os cinemas pela Tristar Pictures, ainda sem data definida. Vamos aguardar para rever Vianne e Isabelle lutando por suas vidas na famigerada Segunda Guerra Mundial. Espero que façam justiça a essa autora fantástica e sua obra maravilhosa!

“São as minhas lembranças. Feridas cicatrizam. O amor perdura. Nós continuamos.” (Página 425)

 

 

16 jan, 2018

As coisas que fazemos por amor, de Kristin Hannah

Autora: Kristin Hannah

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 352

Avaliação: 5/5 ♥

Onde Comprar:

Sinopse: Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados. Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre. Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor. Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.

O livro gira em torno da vida de duas protagonistas, Angela DeSaria e Lauren Ribido. Duas mulheres diferentes, que terão seus destinos cruzados e descobrirão juntas o verdadeiro significado de família.

Angela, é a filha caçula de uma família de descendência italiana e se vê perdida tendo que recomeçar a vida depois de um divórcio. Angie, como é chamada, volta a sua cidade natal e passa a se dedicar de corpo e alma na administração do restaurante DeSaria, tentando salvar o legado de seu falecido pai.

Do outro lado da cidade, esta Lauren, uma jovem brilhante, estudiosa e com grande potencial, que apesar de viver de forma humilde, nutre a esperança de melhorar de vida através de seus estudos. Lauren é dedicada e possui ótimas notas, o único empecilho na vida da garota, é sua mãe, uma mulher amarga que não reconhece e nem apoia os esforços da filha. Porém, Lauren não se deixa abater pelas adversidades e segue lutando para melhorar de vida, sonhando com o dia em que finalmente irá para a faculdade.

“Lauren não tinha crescido num mundo de faz de conta. Ao contrário da maioria das amigas, passara a infância assistindo a programas de televisão que mostravam tiroteios, prostitutas e mulheres em perigo. A vida real, como a mãe dizia.” (Página 114)

Com esse mote incrível, comecei a leitura de As coisas que fazemos por amor, com a certeza de que Kristin Hannah me apresentaria mais uma maravilhosa história, e foi exatamente o que encontrei ao longo das 352 páginas.

Uma trama real, de sentimentos verdadeiros, com todos os altos e baixos comuns a todas as famílias.

“O amor pode nos ajudar a passar por dificuldades.

Por favor, Deus, pensou, que isso seja verdade.” (Página 187)

Esse livro é uma delícia, um acalento para o coração, uma preciosidade que nos mostra valores familiares importantes e que as coisas que somos capazes de fazer por amor nos levam a patamares inimagináveis.

Com um final sensível e surpreendente, a história de Angie e Lauren nos ensina muito sobre amor e que devemos manter a esperança apesar das dificuldades. Lindo, inesquecível e tocante!

Parece que o livro ganhará uma adaptação para o cinema, e a atriz Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine) esta cotada para o papel de Lauren Ribido. Espero ansiosamente por essa produção e estou super curiosa para saber quem será a interprete de Angie e os demais membros do elenco. Ficarei na torcida para que o filme seja tão lindo e emocionante quanto a história apresentada por Kristin Hannah. Vamos aguardar!

13 set, 2016

Por Toda a Eternidade, de Kristin Hannah

Firefly Lane #2
Autor:
Kristin Hannah
Título original:
Fly Away
Editora:
Novo Conceito
Número de páginas:
400
Avaliação: 
5/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Atenção: A sinopse e resenha desse livro contém spoiler do livro anterior (Amigas para Sempre).

Sinopse: Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância…Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir.

Dorothy Hart ou nuvem, como era conhecida nos anos 1970, está no centro do trágico passado de Tully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separam de uma vez por todas.

Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida.

Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah mas sua incapacidade de lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático.

A vida dessas duas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão…

No primeiro livro, Amigas para Sempre, nós somos apresentados a linda história de amizade entre Tully Hart e Kate Mularkey. Como elas se conheceram, seu cotidiano e a transição da adolescência à fase adulta com todas as descobertas e crises existenciais.

Em Por toda a Eternidade, nós acompanhamos a dor dos personagens e a tentativa de se reerguer após a inestimável perda de Kate.

“Minha mãe aperfeiçoara a arte de me abandonar e passei toda a minha infância fingindo que a verdade era uma mentira. Somente com Kate fui honesta.” (Página 63)

Tully e os integrantes da família Mularkey/Ryan terão obstáculos a transpor muito maiores do que poderiam imaginar, e é nessa jornada, que cada um embarcará numa viagem em busca de autoconhecimento e amor.

“Comecei cedo, agarrando-me firme demais e precisando de muita coisa. Sempre ansiei por amor. Do tipo incondicional e até mesmo imerecido.

Precisava que alguém dissesse para mim. Não é para parecer coitadinha, mas minha mãe nunca me disse. Nem minha avó. Não havia mais ninguém…” (Página 217)

Este é um livro sobre perdas, recomeços, amor e perdão. Kristin Hannah consegue mais uma vez nos emocionar com suas palavras e nos fazer refletir sobre a vida, o passado e o futuro.

“Sempre que você ouvir nossa música ou rir alto, vou estar lá. Quando você fechar seus olhos à noite e se lembrar, vou estar lá.”(Página 386)

Por Toda a Eternidade conta uma história sobre como seguir em frente quando estamos emocionalmente perdidos e fragilizados, e autora está mais uma vez de parabéns pelo lindo enredo e comovente desfecho. Leitura mais do que recomendada.

30 ago, 2016

Amigas para Sempre, de Kristin Hannah

Autor: Kristin Hannah

Título Original: Firefly Lane

Editora: Arqueiro

Número de Páginas: 448

Avaliação: 5/5

Onde comprar: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Sinopse: Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas, costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas, a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a Alameda dos Vagalumes e conhecera a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte da família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena.

As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que alo acontece para abalar a confiança entre elas.

Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga?

A história de Tully e Kate foi minha primeira experiência com a autora Kristin Hannah, e que grata surpresa! Nunca pensei que um livro fosse me emocionar tanto e me ensinar tantas coisas sobre a essência da verdadeira amizade.

“- Nós vamos ser melhores amigas para sempre – disse Kate com sinceridade.

– Combinado?

– Você quer dizer que sempre estará do meu lado?

– Sempre – respondeu Kate – Não importa o que aconteça.

Tully sentiu uma emoção se abrir dentro dela feito uma flor exótica.

Quase podia sentir seu aroma doce no ar. Pela primeira vez na vida, ela se sentia totalmente segura com alguém.

– Para sempre – prometeu. – Não importa o que aconteça.” (Página 63)

Este livro é uma lição de amor e cumplicidade entre duas amigas que se tornaram irmãs, tamanha a proximidade, um exemplo de lealdade e compaixão ao próximo. Uma história belíssima, cheia de intensidade e verdade.

“As duas se encararam e, naquele momento, vestidas como princesas e paradas na frente do espelho, elas tinham 14 anos de novo e estavam planejando suas vidas.” (Página 202)

Kristin Hannah definitivamente entrou para o rol de autoras favoritas da minha lista, sua forma de escrever é tão verossímil e tão palpável, que a história de Tully e Kate poderia perfeitamente ser a história de qualquer um de nós, com todos os amores e dissabores que só uma amizade tão longa poderia proporcionar.

“Durante grande parte da minha vida eu achei que não fazia ou queria o bastante. Acho que minha estupidez merece perdão.” (Página 434)

Leiam Kristin Hannah, ela sabe escrever um bom romance, sabe tocar nosso coração, sabe nos emocionar. Leiam…

08 fev, 2014

Promoção Relâmpago: Kit “Por Toda a Eternidade”

Quem ai quer mais um sorteio relâmpago? Dessa vez sortearei o kit de Por Toda a Eternidade, com livro, marcador e um porta retratos fofo. 
Para participar é bem simples, basta preencher o formulário Rafflecopter, como vocês já estão acostumados. As entradas são todas livres. 🙂 
Informações Importantes:
1- Para participar é necessário ter endereço de entrega no Brasil.
2- Se inscrever utilizando o formulário Rafflecopter abaixo. (Dúvida? Entre em contato ou leia esse tutorial bem bacana no Icult Gen)
3. A promoção é válida até o dia 11/02/2014. O resultado sai no dia seguinte e o livro será enviado diretamente editora.
4. O ganhador tem 48 horas para responder o e-mail, do contrário um novo sorteio será feito.