mm1 mm2 mm3mm4 mm5 mm6 mm7


18
jul 2017

ARQUIVADO EM: Literatura

Myron Bolitar #7
Autor: Harlan Coben
Título original: 
Darkest fear
Editora: 
 Arqueiro
Número de páginas:
 272
Avaliação: 
5/5
Onde comprar: Amazon | 
Americanas | SaraivaSubmarino

Sinopse: Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando sua namorada o trocou por seu maior adversário do basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing. Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea — de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto. Aturdido com a notícia, Myron da início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça. Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.

A vida de Myron é sempre uma aventura, ele é um adulto que às vezes parece não ter crescido. Sua vida amorosa se resume a duas mulheres: Jessica, com quem ele termina e volta diversas vezes no decorrer da série, e Emily Downing, da época da escola. Emily partiu o coração de Myron trocando-o por Greg Downing, seu rival no basquete e também o cara que destruiu sua carreira (ele descobre isso no livro Sem deixar rastros), então Myron não está nem um pouco a fim de ajudar a ex-namorada, nem mesmo quando ela conta que seu filho, Jeremy, está morrendo pois precisa de um transplante e o único doador compatível simplesmente sumiu. Não é da conta de Myron… isso até Emily contar que na verdade Jeremy é filho dele.

Eu quis matar a Emily durante o livro todo, sério. Não consigo acreditar que ela possa ter feito isso. Myron fica chocado com a revelação (e quem não ficaria, não é mesmo?), e decide ajudar o garoto, mesmo sem ter certeza absoluta se ele é seu ou não. Ele parte então na busca frenética pelo doador, e como o sistema de doadores é altamente sigiloso, não será uma busca nada fácil, mas ele conta com a ajuda dos melhores amigos do mundo: Win e Esperança.

Os personagens secundários brilham muito, Esperanza, Win, os pais de Myron e  Jeremy tem participações especiais. Gostei muito da maneira como Win se comportou nesse livro, menos maluco e mais centrado, dando suporte nas horas necessárias. A trama é uma loucura só, nunca vi tantas coisas “aleatórias” fazerem tanto sentido no final, confesso que não consegui adivinhar nada nessa leitura, fui surpreendida por tudo. O medo mais profundo é repleto de aventura, suspense e reviravoltas, itens básicos nos livros do mestre Harlan Coben.

Coben é meu autor favorito, vocês já estão cansados de saber disso. Fico sempre impressionada com o quanto ele consegue me manter fissurada na leitura, sem conseguir pensar em mais nada até a última página. Já li o livro seguinte – A promessa – e a resenha sai na semana que vem. Os últimos livros – Quando ela se foi e Alta tensão  – já haviam sido lançados anteriormente, então eu também já os li, mas como comecei por eles (sim, comecei pelo final pois a Arqueiro lançou os últimos primeiro hahaha), pretendo relê-los. Sendo assim, por já ter lido a série todinha, faço questão de recomendá-la MUITO. Vocês precisam conhecer esse personagem sensacional, e mergulhar no mundo criado por Harlan Coben. Depois voltem aqui e me contem como foi! 😀 😀 😀

Ordem dos livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) Um passo em falso (One false move)
6) Detalhe Final (The final detail)
7) O medo mais profundo (Darkest fear)
8) A promessa (Promise me)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



20
nov 2015

ARQUIVADO EM: Literatura

Detalhe-Final-Livros-e-blablablaMyron Bolitar #6
Autor: Harlan Coben            
EditoraArqueiro
Número de páginas: 303
Avaliação: 5/5

Detalhe Final é o 6º livro da série Myron Bolitar, no entanto, essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores.

Myron se culpa pelos acontecimentos anteriores, e não está sabendo lidar com a situação. Ele conhece Terese, uma apresentadora da CNN que também está passando por momentos complicados. Juntos eles decidem sair da cidade, e passar um tempo em uma ilha isolada no Caribe, para lidarem com seus próprios fantasmas do passado.

O agente esportivo não conta seu paradeiro para ninguém, nem mesmo para o seu melhor amigo, Win. Então, quando Win aparece na ilha, Myron tem a certeza de que algo muito ruim aconteceu. Para a surpresa de Myron, Esperanza (sua amiga e sócia na MB representações Esportivas) está presa, acusada do assassinato de Clu Haid, um dos primeiros clientes de Myron na empresa. Sendo assim, Myron volta para a sua realidade, com a missão de provar a inocência de sua amiga.

“A linha que dividia o bem e o mal não era tão diferente daquela no campo. Com frequência, mostrava-se frágil quanto a cal. Tendia a desbotar com o tempo. Precisava ser constantemente redesenhada. Se muitos jogadores a pisavam, ficava borrada, a ponto de o de dentro tornar-se fora e o fora dentro, de não ser mais possível distinguir o bem e o mal.”

No entanto, provar a inocência de Esperanza não é a única tarefa de Myron, ele precisa também recuperar o prestigio de sua empresa, já que sua ausência por três semanas, e a prisão de Esperanza estão fazendo com que seus agenciados fiquem na dúvida se a MB é mesmo uma boa agência. Ele corre o risco de perdê-los para a TruPro, empresa rival de Myron. 

Esperanza não quer que Myron investigue absolutamente nada, a advogada de Esperanza (a famosa Hester Crimstein) também não. Já dá para imaginar o quanto isso aguça a curiosidade de Myron, fazendo com que ele precise ainda mais descobrir a verdade. Em meio a investigação, Myron abre feridas há muito tempo cicatrizadas, e percebe que a verdade pode ser totalmente destruidora. 

Harlan Coben é um gênio, eu já disse isso várias vezes. Meu autor favorito nunca me decepciona. São diversas reviravoltas, e eu desconfiei de praticamente todos os personagens, mal podia esperar para saber o verdadeiro cupado pela morte de Clu, e qual a sua motivação.

Apesar de os livros terem começo, meio e fim, eu sempre recomendo que a leitura seja feita na ordem (a ordem está logo abaixo, com o link das resenhas), assim a compreensão dos fatos é mais ampla. Coben valoriza demais o amor e a amizade, o relacionamento de Myron com os pais, e com seus melhores amigos: Win e Esperanza, é sensacional, e muito verdadeiro. Não existem limites para o que um faria pelo outro, eles seriam capazes de entregar suas próprias vidas, se significasse que o amigo estaria bem. Nesse livro, Big Cindy também mostra seu valor, e o quanto ela ama e admira sua amiga Esperanza. Finalmente vamos compreender o motivo de Big Cindy ser como é.

“(…) – E talvez sejam mais parecidos do que gostariam. Não quero me aprofundar muito nisso, mas Win o vê como seu lado humano. É como se pensasse: se você gosta dele, é porque não deve ser tão mau assim. Você, por outro lado, o vê como uma dose fria de realidade” – Esperanza.

Detalhe Final é uma leitura intensa, com um final inesperado e emocionante. Eu irei SEMPRE recomendar os livros do Coben, acho que todos deveriam ler, pelo menos um, para conhecer o trabalho desse autor sensacional. Vale a pena!

Ordem dos livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) Um passo em falso (One false move)
6) Detalhe Final (The final detail)
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



19
jan 2015

ARQUIVADO EM: Literatura

passoemfalsoMyron Bolitar #5

Autor: Harlan Coben

Editora: Arqueiro

Número de páginas: 272

Avaliação: 5/5

Sinopse: Ainda jovem, Myron Bolitar contou com a ajuda do treinador Horace Slaughter para começar a jogar basquete. O relacionamento dos dois era como o de pai e filho, mas com o tempo eles perderam contato e Myron abandonou o esporte. Dez anos depois de ver Horace pela última vez, Myron conhece Brenda, filha do antigo amigo e uma bela estrela do basquete. Trabalhando como agente de atletas, ele poderá fechar um contrato valioso com a jogadora se descobrir o paradeiro de Horace, que sumiu repentinamente após agredi-la. Desde então, Brenda começou a receber ameaças por telefone e a ser seguida. Myron não acredita na culpa do amigo e resiste a ser guarda-costas da moça, mas acaba cedendo. Determinada a não fazer papel de donzela indefesa, Brenda provoca uma atração irresistível em Myron, que vive um relacionamento amoroso debilitado. Porém, existe entre eles um abismo de corrupção e mentiras, além de segredos pelos quais muitos arriscariam a vida. Mesmo contra o bom senso, Myron segue investigando o caso. Disposto a conquistar o coração de Brenda, ele está ciente de que um passo em falso pode acabar matando os dois.

Já comecei a ler o livro ansiosa e com medo de que ele chegasse ao fim. Porque livros do Harlan me causam isso. Como sou apaixonada por ele e por seus livros, sempre começo um lançamento com medo que acabe. E com a certeza de que, ao final, vou me surpreender muito.

E com este livro não foi diferente.

Myron foi contratado por um amigo para proteger uma estrela do basquete, filha de um amigo das antigas, quando ele mesmo jogava. Brenda é linda, tem 25 anos e está recebendo ameaças, após seu pai ter desaparecido de forma suspeita.

Não bastasse isso tudo, Brenda ainda procura pela mãe, que foi embora, a deixando aos cuidados do pai, quando ela tinha apenas 5 anos de idade. Myron ao mesmo tempo que protege Brenda, tenta descobrir o paradeiro de Horace (pai de Brenda) e também procura por Anita, sua mãe.

É complicado falar sobre livros de suspense, porque corro o risco de soltar spoilers. Mas adorei a forma como Harlan, neste livro, escreveu sobre Myron e seu relacionamento com Win, Jessica e também sua amiga Esperanza. Achei que neste livro, Myron foi muito pressionado, obrigado a fazer várias escolhas. E até mesmo Win, que tem como único objetivo protegê-lo de forma incondicional, apoiando sempre e em tudo, acaba confrontando Myron em um momento na história.

– Acabou? Já satisfez sua necessidade de sentir-se moralmente superior?

– Que diabo significa isso?

– Você sabe do que sou capaz – disse Win devagar – Mesmo assim, continua recorrendo a mim.

E mais uma vez, quando estava faltando uns 20% para terminar o livro, achei que tivesse desvendado o mistério de toda a trama. Que bobagem a minha! Harlan de forma magistral, deu um desfecho surpreendente à história. Mesmo sabendo que ele é mestre em nos surpreender nas últimas páginas, fiquei embasbacada com o que ele fez com os personagens, a reviravolta, os papéis de cada um dentro da história, a revelação dos mistérios e segredos.

Um passo em falso, é como todos os livros de Harlan, quando a gente pega, não quer parar de ler, enquanto não chegar ao final. A leitura flui numa rapidez impressionante. Os personagens são apaixonantes.

E agora é esperar pelo próximo livro, porque o final me deixou meio que de coração partido….

Preciso dizer que dei 5 estrelas? Indico muito!!!

*Essa resenha foi escrita no dia 06/11 no meu blog pessoal (Simples Assim)

Livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) Um passo em falso (One false move)
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



5
abr 2013

ARQUIVADO EM: Literatura

Myron Bolitar #4

Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro

Número de páginas: 256

Avaliação: 4/4
Apesar de ser o 4º livro da “série”, essa resenha não contém spoilers dos livros anteriores.
 
Myron Bolitar não entende nada de Golfe. Ainda que seja um um representante esportivo, esse não é um esporte que ele admire. No entanto, quando seu melhor amigo, Win, o convida para assistir ao Aberto dos Estados Unidos – alegando ser uma ótima maneira de conquistar novos clientes -, ele acaba aceitando.
Quando o pai de Linda Coldren o procura, Myron fica bastante empolgado. Linda é a golfista mais popular do momento e está em 1º lugar no ranking. Para completar, ela é esposa de Jack Coldren, um golfista que depois de uma derrota terrível há vinte anos, está liderando o campeonato e luta manter a posição, custe o que custar. 
Acontece que não é exatamente de uma representação esportiva que a família Coldren precisa. Myron poderá se tornar agente de Linda, desde que consiga encontrar Chad, o filho adolescente do casal, que está desaparecido. Como sempre, Myron não consegue dizer não e parte em busca de respostas sobre o paradeiro de Chad. As evidências são confusas e existe até mesmo a possibilidade de tudo ser apenas uma armação do garoto.
A situação se torna cada vez mais complicada e para o desalento de Myron, ele não poderá contar com a ajuda de Win, o amigo se recusa a ajudá-lo ao saber que foi sua mãe – com quem não tem contato há anos – que o indicou. Enquanto investiga, Myron abre feridas que não se cicatrizaram e revela segredos que deveriam permanecer escondidos. 
***
HARLAN COBEN EU TE AMO! Desculpem-me, mas eu precisava começar a resenha com essa declaração, não dá para explicar o quanto eu amo a escrita desse autor! Ainda que esse não seja o meu livro preferido da série (por isso as quatro estrelas, dadas com dor no coração), eu amei demais a leitura.
O que mais me agrada nos livros do Coben, com o personagem Bolitar, é o bom humor e o sarcasmo do personagem principal, a forma frenética como sua mente trabalha e a lealdade para com seus dois melhores amigos, Win e Esperanza. Em O preço da vitória o clima é um pouco mais tenso, Win não quer ajudar e resta a Myron contar com a ajuda apenas de Esperanza. E é ai que percebemos que Myron é ótimo, mas sem Win ele não consegue ser brilhante
Nada no texto é colocado por acaso, para “encher linguiça”, tudo vai fazer sentido ao final, a trama é intrincada, mas se desenrola rapidamente. Sempre que eu começo um livro dessa série, preciso terminá-lo no mesmo dia, nem que eu vá dormir às 4 da manhã (que foi o caso). Eu preciso saber quem é o verdadeiro culpado.
O ponto alto da trama não é o sequestro de Chad – pelo menos para mim -, é a revelação de um fato do passado de Win, algo que mostra um lado mais humano do personagem (acreditem se quiser), e que pode ser um dos motivos dele ter se tornado o que é – ou não. Senti falta dos pais do Myron (sua mãe é hilária) e de sua namorada Jéssica, ela pouco foi citada. 
Mais uma vez fui surpreendida, foram tantas reviravoltas que desconfiei de quase todos os personagens, e por fim era um dos que eu tinha pensado de inicio, mas Coben fez com que eu acabasse o deixando de lado. A narrativa em terceira pessoa, focada no ponto de vista de Myron é maravilhosa, as 256 páginas fluem lindamente, quando menos se espera o livro acabou. #todoschoram
Posso ser sim, eu sou um pouco suspeita para falar dos livros do Coben, já que eu amo loucamente todas as histórias largo qualquer coisa para começar a lê-los imediatamente, é um livro que é colocado em primeiro lugar na fila, sempre. Então, é até desnecessário dizer que recomendo a leitura né? Apesar de ter uma sequência cronológica, os livros podem ser lidos separadamente, o entendimento vai ser completo. No entanto, recomendo que eles sejam lidos na ordem correta (a que está abaixo). Se você ainda não leu, LEIA!

Livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) One false move
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX (Se alguém tiver esse livro e quiser vender ME AVISE!)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



17
out 2012

ARQUIVADO EM: Literatura Vídeos

Ta ai um autor que consegue balançar meu coração, me deixando totalmente imersa em seus livros. Sem Deixar Rastros é o 3º livro da série Myron Bolitar, mas a resenha de hoje não tem spoilers. Pode conferir o vídeo sem medo. 😉

Myron Bolitar #3
Autor: Harlan Coben            
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 270

Avaliação: 5/5

 Livros com o personagem Myron Bolitar:
1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) One false move
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX (Se alguém tiver esse livro e quiser vender ME AVISE!)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



9
abr 2012

ARQUIVADO EM: Literatura
Myron Bolitar #2
Autor: Harlan Coben 

Editora: Arqueiro
Número de páginas: 255
Avaliação: 5/5
 
Myron Bolitar não tem a maior agência de representações esportivas, mas seu novo agenciado – Duane Richwood, promete mudar essa situação. Duane é uma estrela do tênis em evidente ascenção e está prester a assinar um contrato grandioso. No entanto, o assassinato de Valerie Simpson durante um jogo do Aberto de Tênis dos Estados Unidos pode colocar tudo a perder.
Valerie Simpson foi uma grande tenista aos dezesseis anos, entretanto alguma coisa fez com que ela abandonasse o esporte. Seis anos depois ela decide voltar e tenta entrar em contato com Myron algumas vezes, para que  ele seja seu novo agente, mas os dois acabam não se falando.
Ao que parece, Valerie foi assassinada quando procurava por Myron. Para piorar as coisas, Duane se tornou o principal suspeito do crime, mesmo que no momento do assassinato ele estivesse em quadra.
Myron não consegue aceitar a situação, e decide investigar por conta própria. Ele acredita que o assassinato de Valerie tenha algo a ver com a morte do filho de um senador há seis anos, na época namorado de Valerie.
Com ajuda de seu sócio e melhor amigo Win, e também de seu braço direito na empresa, Esperanza, Myron vai tentar descobrir quem de fato matou Valerie e qual a ligação de Duane com o caso. Mas nem tudo será fácil, pois pessoas poderosas decidiram que esta história não deve ser remexida
 
Sei que estou sendo repetitiva em dizer o quanto amo os livros de Harlan Coben com o personagem Myron Bolitar, mas a verdade é essa mesmo.
Jogada Mortal é a segunda aventura de Myron e mantém a fórmula que eu adoro: Um agenciado, um assassinato, muitas pistas e um final inesperado. Tudo isso é claro, com uma pitada do humor sarcástico e característico do personagem, o que dá leveza e nos prende ainda mais.
Eu adoro o fato de que Myron não consegue ficar longe de uma investigação. Mesmo que de certa forma ele não tenha nada a ver com o caso, ele decide investigar.
 
“- Você está fazendo aquela cara – avisou Win.
– Que cara?
– Sua cara de ‘quero salvar o mundo’.”
O melhor amigo de Myron, Win, é um personagem muito bem definido, é o típico loiro riquinho que não aparenta ser mais do que um mauricinho. O que passa bem longe da realidade. Win é frio e sádico, ao mesmo tempo em que mostra amar e se preocupar demais com seu amigo. Não tem como não se envolver pelo personagem.
“(…) Os bandidos sempre partiam primeiro para cima de Win. Ele era uns 15 centímetros mais baixo que Myron e cerca de 15 quilos mais leve. E, o que era melhor, Win parecia um riquinho frouxo que só sabia levantar o dedo para chamar o mordomo – tudo o que um valentão poderia desejar para saco de pancadas.”
 
O que mais me atrai nos livros de Harlan Coben (além ótima narrativa em terceira pessoa) é a capacidade de nos confundir totalmente, ainda que você desconfie de quem possa ser o assassino é bem possível que no desenrolar da história volte atrás em seu palpite. Desta vez eu consegui desconfiar de uma pessoa, mas mesmo assim fui surpreendida. E claro, temos uma dose de romance, afinal de contas Myron tem trinta e poucos anos e uma ótima forma física. 😉
Jogada Mortal não é o meu preferido, (considero Quebra de Confiança ainda melhor) mas merece sem dúvidas as cinco estrelinhas. Então, está mais do que recomendado. Se você curte o gênero não perca mais tempo, leia agora!
Eu fico aqui, contando os dias para o lançamento do terceiro livro da série, Fade Away previsto para setembro deste ano. *-*
Curiosidade inútil: Não sei se já comentei, mas quando imagino a fisionomia de Myron penso logo no ator Matthew Bomer de White Collar. Apesar de o livro não enfatizar a beleza do personagem.

Livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) One false move
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX (Se alguém tiver esse livro e quiser vender ME AVISE!)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



2
mar 2012

ARQUIVADO EM: Literatura

Myron Bolitar#1
Autor: Harlan Coben

Editora: Arqueiro
Número de páginas: 271
Avaliação: 5/5

 

Myron Bolitar é um ex-jogador de basquete que teve que deixar as quadras após uma lesão em seu joelho. Trabalhou por um tempo no FBI e hoje agencia jovens atletas. Por um tempo Myron agenciou atletas pouco conhecidos, agora ele é empresário de uma grande promessa do futebol americano, Christian Steele

No entanto, em meio a uma transação milionária algo acontece, Christian recebe uma revista com uma foto de Kathy Culver em um anúncio de disque sexo. Kathy é ex-noiva de Christian, desapareceu há um ano e meio e não foi encontrada pela polícia. Christian está apavorado e pede a ajuda de Myron.

Para completar, o pai de Kathy, Adam Culver, acaba de ser assassinado no que todos dizem ser um assalto. Algo que sua filha mais velha, Jessica, não acredita. Ela tem certeza que o sumiço de Kathy está relacionado à morte do pai, e procura Myron (seu ex-namorado) para pedir ajuda.

Com a ajuda de seu melhor amigo Win e de sua secretária Esperanza, Myron vai fazer o máximo para descobrir quem está por trás do envio da revista e o que realmente aconteceu com os Culver.

Quebra de confiança é o primeiro caso de um dos meus personagens masculinos preferidos: Myron Bolitar. São dez livros escritos por Harlan Coben com este personagem. Quebra de confiança, apesar de ser o primeiro caso, é o terceiro livro que eu leio e até agora o meu preferido.
Coben tem o dom de criar tramas totalmente intrincadas, vamos juntando as peças com os personagens e até o final do livro várias possibilidades nos passam pela cabeça. Mais uma vez não consegui descobrir o culpado, e fui totalmente surpreendida no final.
O que mais me agrada nesses livros é a mistura do humor com o suspense, Myron é extremamente sarcástico e engraçado. Nos momentos mais impróprios ele solta frases que me divertiram muito.
“- Bolitar que vá pro inferno! – gritou, com falsa fúria. – Está ouvindo, Bolitar?
Entendeu o que eu disse? Vá pro inferno.
– Vá pro inferno – repetiu Myron, assentindo. – Saquei.
– Está querendo bancar o esperto comigo? Hein? Responda, droga! Está bancando
o esperto?
Myron o encarou.
– Tem uma coisa presa no seu dente.
– Seu espertalhão de merda!
– E você fica lindo quando está com raiva. Seu rosto se ilumina.”
A amizade de Myron com Win é fantástica, os dois se conheceram na universidade e apesar de serem totalmente diferentes se completam. Não há nada que Win não faça para proteger Myron, nada mesmo. Ele é sem dúvidas um personagem marcante e divertido, que acrescenta bons momentos ao livro.
Esperanza é uma ex-lutadora e braço direito de Myron, além de ajudá-lo na empresa é essencial nas investigações.
– Eu dou gargalhada na cara da morte. Bom, talvez não gargalhadas. É mais um risinho, um risinho silencioso.
– Meu Deus, você é maluco.
– E não faria isso diretamente na cara da morte. De modo que é mais um risinho silencioso pelas costas dela.
Gostei muito de Jessica Culver, apesar de terem rompido há cerca de quatro anos Myron ainda é apaixonado por ela, e em meio às investigações vai tentar reconquistá-la.
“- Achei que você fosse escritora.
– Não sou boa em improvisar. Sou muito melhor na parte escrita do que na oral.
– Baseado em minha própria experiência – disse ele -, eu teria de discordar.”
O livro é narrado em terceira pessoa (sob o ponto de vista de Myron), com uma agilidade surpreendente. Repleto de diálogos bem construídos eu simplesmente não conseguia parar de ler, terminei o livro no mesmo dia.
Mais do que recomendo. Se você gosta de suspense, investigações e humor tem que ler esse livro! Estou roendo as unhas de ansiedade para ler o lançamento mais recente com Myron Bolitar, Jogada Mortal. Pretendo ler também outros livros do autor, com personagens diferentes.

Livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) One false move
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX (Se alguém tiver esse livro e quiser vender ME AVISE!)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



31
out 2011

ARQUIVADO EM: Literatura
Myron Bolitar #10
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 271
Avaliação: 5/5

Em Alta Tensão, o famoso personagem Myron Bolitar está de volta. Suzze T. – uma tenista conhecida e amiga de Myron – pede sua ajuda para descobrir o autor de um comentário nada agradável em seu facebook, que ocasionou na fuga de seu marido Lex Ryder de casa. E de quebra, descobrir o paradeiro de Lex.

Devido a grande amizade e a gravidez avançada de Suzze, Myron parte em mais uma investigação. Porém na boate em que Lex está, ele encontra Kitty Bolitar, sua cunhada que ele não via há dezesseis anos. Ela e seu irmão Brad sumiram sem deixar rastros. Ele tenta falar com ela, mas Kitty desaparece.

O mundo de Myron vira de cabeça para baixo, com a ajuda de seus fiéis amigos Win e Esperanza ele vai tentar ajudar Suzze e principalmente descobrir o paradeiro de seu irmão. Ele precisa correr contra o tempo e desvendar todas as mentiras, antes que seja tarde demais.
 
Este é o último livro da série com o personagem Myron Bolitar, sequência de Quando ela se foi, livro este que eu simplesmente amei. Apesar de ser uma continuação, se você não leu Quando ela se foi, mas vai ler Alta Tensão, a sua compreensão será ótima mesmo assim.

Neste livro, a pressão é maior, pois afinal de contas o drama envolve a sua família. Quanto mais Myron investiga, mais ele se envolve em uma intrincada teia de segredos. Nada é o que parece. E ele precisa saber até que ponto vale a pena mexer no passado. Myron é incrível, um dos meus personagens masculinos preferidos. Seu humor ácido e em situações bem inconvenientes é uma de suas características mais marcantes. Ele pode estar  na maior encrenca, mas consegue sempre fazer uma piada sobre sua própria situação. 

Win é aquele boa vida, extremamente rico, mas é com certeza o amigo mais leal de Myron. Um personagem bem elaborado e cativante. É incrível a forma como Harlan Coben entrelaça todas as coisas, tudo tem um sentido, tudo tem uma ligação, por menor que seja.

Qualquer coisa a mais que eu possa dizer vai estragar a leitura de vocês. Então, se assim como eu você curte uma boa investigação, leia assim que puder! Mais do que recomendado! Agora estou super ansiosa para ler Quebra de Confiança, o primeiro livro da série que será publicado no dia 01 de Novembro (amanhã o/)!

Livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) One false move
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX (Se alguém tiver esse livro e quiser vender ME AVISE!)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)



3
ago 2011

ARQUIVADO EM: Literatura
Myron Bolitar #9
Editora: Arqueiro
Autor: Harlan Coben

Número de páginas: 250

Avaliação: 4/5
 
Myron Bolitar é um bem sucedido agente de atletas e celebridades. Tem um namoro tranquilo com Ali, uma viúva jovem e com um filho.
No meio da noite ele recebe um telefonema “Venha para Paris”. Quem lhe telefona é Terese Collins uma amiga do passado, com quem ele não tinha contato há muitos anos. Ela simplesmente havia desaparecido.

De início ele decide não responder o chamado de Terese, afinal de contas apesar de terem ido um envolvimento ele agora é comprometido. Mas sua voz desesperada e o fato de ela ter ajudado a salvar seu filho anos atrás o fazem mudar de ideia.

Chegando em Paris, Myron descobre o motivo do chamado de Terese, seu ex-marido Rick Collins esta desaparecido. É importante que o encontrem, pois ele tinha algo importante para contar a Terese. Pouco tempo depois Myron descobre que Rick foi assassinado, e a principal suspeita é Terese. Porém o mais perturbador é que na cena do crime foi encontrado além do sangue de Rick, o sangue de outra pessoa. Os exames de DNA levam a crer que se trata do sangue da filha do casal, mas a única filha de Terese e Rick foi morta há dez anos em um acidente automobilístico.

Intrigado, Myron começa uma busca por respostas. Ele conta com a ajuda de Win, um milionário bom de briga e fiel amigo desde os tempos da faculdade. Uma grande perseguição começa autoridades importantes também estão interessadas no assassinato de Rick Collins. Myron vai ter que lidar com armadilhas, e muito perigo numa busca desenfreada pela verdade.

“- Você esta disposto a ir tão longe assim Bolitar?
– Até onde for preciso.”

Eu adoro livros de investigação, se ele tiver uma trama que envolva política, conflitos religiosos e etc. com certeza ficarei interessada. Quando ela se foi tem exatamente isso. A leitura flui de forma rápida, me vi totalmente envolvida na investigação, querendo juntar as peças do quebra-cabeça.

A história é repleta de sarcasmo e ironia, narrada em primeira pessoa por Myron. Apesar de toda a tensão eu não pude evitar sorrir em vários momentos. Myron é um personagem interessante, ao mesmo em que é doce e cavalheiro, seu extinto de sobrevivência o faz não ter medo de utilizar uma arma e liquidar um inimigo. Ainda assim ele é muito bem humorado.

Os personagens são cuidadosamente elaborados, Terese é uma mulher intensa, mas movida pela emoção. Win tem um papel muito importante (achei muito bonita a amizade que o une a Myron), extremamente rico tem a maioria das pessoas aos seus pés.

As reviravoltas são constantes, quando eu pensava que poderia ser uma coisa, constatava outra totalmente diferente. Mal consegui desgrudar os olhos do livro, e o final foi muito satisfatório. Confesso que apesar de admirar a simplicidade e beleza da capa, não tinha muitas expectativas quanto a leitura, estava até mesmo receosa. Que bom que fui surpreendida com uma história envolvente e original.

Senti falta apenas de uma explicação maior sobre quando Myron precisou da ajuda de Terese, essa situação foi citada em vários momentos, mas não sei o que realmente ocorreu para que ele precisasse dessa ajuda. Harlan Coben tem uma escrita gostosa e fácil, sabe como prender o leitor e evitar que este fique confuso ou entediado. Fico feliz de estar numa maré de ótimos livros, este é mais um que eu super recomendo!

Quando ela se foi é a primeira história de Myron Bolitar publicada pela Editora Arqueiro, como me simpatizei demais com o personagem estou ansiosa pelas próximas publicações.

Livros com o personagem Myron Bolitar:

1) Quebra de Confiança (Deal breaker)
2) Jogada mortal (Drop shot) 
3) Sem deixar rastros (Fade away)
4) O preço da vitória (Back spin)
5) One false move
6) The final detail
7) Darkest fear
8) A promessa (Promise me) lançando pela ARX (Se alguém tiver esse livro e quiser vender ME AVISE!)
9) Quando ela se foi (Long lost)
10) Alta tensão (Live wire)






ilustrações design e desenvolvimento